UNEB É PIONEIRA EM AÇÕES DE VALORIZAÇÃO, INCLUSÃO E RESPEITO AOS POVOS INDÍGENAS
22 de abril de 2024

Centros de pesquisa e licenciaturas indígena, projetos extensionistas em comunidades indígenas, bolsas-auxílio, reserva de vagas no vestibular e Sisu, e a instalação do Campus Intercultural, em Jeremoabo.

 

São inúmeros projetos e programas implementados e executados pela UNEB enquanto política de inclusão e permanência indígena, além de ações de valorização e respeito aos nossos povos originários.

A reitora da UNEB, Adriana Marmori, atua, junto a equipe de gestão da universidade, na implantação e fortalecimento de políticas que democratizam o acesso ao ensino superior público e garantem a assistência estudantil e a permanência universitária.

“Reitero a importância da presença indígena dentro da universidade, fazendo história, defendendo as línguas e as linguagens, defendendo os saberes construídos em todas as áreas do conhecimento. Nossa universidade reafirma diuturnamente o compromisso com a reparação histórica, com as políticas afirmativas de inclusão e permanência. Esse lugar é de todos e todas, estamos juntos nessa luta”, destaca a reitora.

Inclusão

Em uma ação pioneira, a UNEB, em 2007 ampliou o sistema de reserva de vagas para as populações indígenas. A medida fortaleceu a democratização do acesso ao ensino superior de grupos populacionais tradicionalmente excluídos.

O cenário que se estabelece após a ampliação do sistema de cotas unebiano é de diversidade na composição discente dos cursos, sobretudo, nos territórios com maior presença de comunidades indígenas, como Norte e Sul da Bahia. Atualmente, a instituição conta com mais de 400 estudantes indígenas, das mais variadas etnias, em cursos de graduação e de pós-graduação, em todas as áreas do conhecimento.

“Estar na universidade é parte do processo de demarcação de territórios para além dos espaços das comunidades. Uma forma de dizer ao mundo que existimos e que aqui permanecemos. É uma maneira de descolonizar esse lugar que até um tempo atrás não era feito e nem pensado para nós, minorias. É uma ferramenta para que nós possamos contar a nossa própria versão da história a partir de agora”, afirma Brenda Kaimbé, estudante do Curso de Pedagogia Intercultural em Educação Escolar Indígena, em Paulo Afonso.

Discentes 

A UNEB está, gradativamente, empenhando-se em promover a institucionalização das condições de permanência dos seus estudantes ingressos através das cotas, de forma que eles tenham satisfatórias condições acadêmicas e econômico-sociais de se manterem nos respectivos cursos, até a integralização.

Entre as ações, está o Programa Apako Zabelê (PBIAZ). Criada em 2022, a iniciativa oferta bolsas de auxílio financeiro aos estudantes indígenas. Neste ano, o programa oferta 287 bolsas aos discentes da universidade.

Os processos seletivos para ingresso na graduação, através do vestibular da instituição e do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), oferecem, obrigatoriamente, 5% das sobrevagas para candidatos indígenas.

A UNEB é a maior executora do Programa Universidade para Todos (UPT), coordenado pela Secretaria estadual da Educação (SEC), que prepara estudantes concluintes e egressos da rede estadual para seleções de ingresso ao ensino superior. Com turmas em toda a Bahia, inclusive, na comunidade indígena Aldeia Boca da Mata, em Porto Seguro.

Educação indígena 

E não para por aí, a UNEB também investe, desde 2009, na formação em nível superior de professores de escolas indígenas, através dos cursos das Licenciaturas Intercultural em Educação Escolar Indígena (Liceei) e em Pedagogia Intercultural em Educação Escolar Indígena (Pieei).

A medida tem como objetivo contribuir para a formação de profissionais e docentes da Educação Básica, que atuam com a educação escolar indígena.

Neste mês simbólico, foi realizada, no Campus de Paulo Afonso, a formatura de 20 estudantes do curso de Licenciatura Intercultural de Educação Escolar Indígena do Centro de Pesquisa Opará. A solenidade, que representou um marco histórico para os povos originários na Bahia, foi marcada pela emoção dos formandos e de representações de diferentes etnias, especialmente das regiões Norte e Oeste da Bahia.

“A universidade, apesar dos desafios, abraçou a causa e juntos fomos vencendo todos os obstáculos. Espero que outros indígenas Kantaruré tenham a oportunidade e coragem de concluir a graduação escolhida. Gratidão é a palavra”, diz Sheila Kantaruré, egressa da Liceei.

Para acolher os novos estudantes das licenciaturas, o Centro de Estudos e Pesquisas Intercultural da Temática Indígena (Cepiti), realizou, no início deste mês, o I Seminário Educação Escolar Indígena: saberes tradicionais, território e universidade, no Campus de Teixeira de Freitas. Participaram do evento, estudantes, docentes, gestores da universidade e lideranças indígenas da região.

Também em 2023, a UNEB realizou cerimônia de diplomação da Licenciatura Intercultural de Educação Escolar Indígena ofertada no campus de Teixeira de Freitas.

“A Liceei é fruto de muita luta indígena. A educação é fundamental e deve ser feita do nosso jeito, dentro da realidade e contexto do nosso povo. Não viemos para a universidade para sermos moldados, viemos para quebrar paradigmas e fizemos isso!”, declarou Ângelo Pataxó, discente indígena graduado.

A maior universidade do Nordeste oferece ainda o curso de Pós-graduação Stricto Sensu em Estudos Africanos, Povos Indígenas e Culturas Negras (PPGEAfin), nos Campi de Salvador e Irecê, e a Pós-Graduação Lato Sensu em Gestão e Educação Intercultural Indígena, no Campus VIII, em Paulo Afonso.

Em março deste ano, o curso de Licenciatura em Educação Escolar Indígena, do recém-criado Campus Intercultural (Jeremoabo) da UNEB foi aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para o Programa Nacional de Fomento à Equidade de Professores da Educação Básica (Parfor Equidade).

O programa convida as instituições de ensino superior (IES) brasileiras a apresentarem propostas de cursos de licenciatura com objetivo de formação de professores em Cursos das Licenciaturas Indígena, Educação do Campo, Quilombola, Educação Especial Inclusiva e em Educação Bilíngue de Surdos.

Novo Campus Intercultural

Em fevereiro deste ano, o Conselho Universitário (Consu) da UNEB aprovou, por unanimidade, a criação do Campus Intercultural do Centro de Pesquisas em Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação (Opará) – Departamento dos Povos Indígenas, Comunidades Tradicionais e Camponesas, no município de Jeremoabo.

“Estamos honrando uma dívida histórica com os povos originários. Essa é uma vitória, uma grande conquista do povo baiano”, celebrou Adriana Marmori, reitora da universidade e presidente do Consu sobre o Campus Intercultural.

O novo equipamento vai dedicar atenção ao estudo, pesquisa e extensão acerca dos povos originários, além de ser um espaço para a formação continuada de povos indígenas, comunidades tradicionais.

Pesquisa

Atualmente a UNEB possui três centros de pesquisa que desenvolvem estudos na área: Centro de Pesquisas em Etnicidades, Movimentos Sociais e Educação (Opará); Centro de Estudos e Pesquisas Intercultural da Temática Indígena (Cepiti); Centro de Estudos dos Povos Afro-Indígenas-Americanos (Cepaia).

Os centros são espaços acadêmicos que fortalecem e incentivam as pesquisas, a formação continuada e dinâmica dos Povos Tradicionais, Indígenas e lideranças de Movimentos Sociais em relação à afirmação, conhecimento e valorização dos saberes e fazeres, como forma de empoderamento das identidades e dos seus patrimônios bioculturais.

A Universidade conta com dezenas de projetos de pesquisa desenvolvidos com a comunidade indígena, contemplando as áreas de História, Educação, Sociologia, Arqueologia, Artes, Biologia Geral, Agronomia e Medicina.

Docente, indígena e pesquisador do Opará, Dorival Vieira Júnior Tuxá, destaca que o centro de estudo permite que a sociedade possa conhecer mais de perto e respeitar a diversidade dos povos indígenas e os seus respectivos territórios.

“A inclusão das culturas indígenas no cenário educacional e social é um marco para a valorização da diversidade cultural brasileira. Iniciativas como o Centro de Estudos Opará são vitais para ampliar o conhecimento sobre essas culturas ricas e multifacetadas. Eles oferecem uma plataforma para que as vozes indígenas possam ser ouvidas e nossas histórias, ensinamentos e tradições possam ser reconhecidos e celebrados. Esses esforços não apenas enriquecem o tecido social do Brasil, mas, também fortalecem o respeito e a autonomia dos povos indígenas, contribuindo para uma sociedade mais justa e inclusiva”, destaca a pesquisador, que foi o primeiro professor indígena efetivo da universidade.

Os centros de pesquisa Cepiti e Opará desenvolvem dezenas de ações de extensão com os povos indígenas. São iniciativas conjuntas em escolas na produção de materiais educativos, formação do professores e professoras indígenas e na agricultura familiar a partir das pesquisas realizadas.

“O Cepiti foi um dos centros de pesquisas na temática indígena que viabilizou, dentro da UNEB, as primeiras ações que possibilitaram a implementação inicial das políticas e dos diálogos junto aos povos indígenas no Sul e Extremo Sul da Bahia. Nosso centro de pesquisa conta com pesquisadores indígenas e não indígenas articulados e em parcerias com os povos indígenas da região, assessorando, dialogando e fortalecendo ações e as políticas públicas ofertadas a esses povos”, afirma Halysson Fonseca, professor e pesquisador do Cepiti.

Lideranças indígenas 

Em reconhecimento aos serviços relevantes ao ensino, à pesquisa, às letras ou às artes, a universidade já concedeu dois títulos de Doutor Honoris Causa a importantes lideranças indígenas da Bahia.

Na histórica reunião do Conselho Universitário (Consu), realizada em junho de 2023, foi aprovada a outorga do título de Doutor Honoris Causa a Juvenal Teodoro da Silva. Conhecido como Juvenal Payayá, o líder indígena e escritor é um dos principais defensores da causa indígena e assume um papel importante para o resgate da memória e história dos povos.

Em 2019, a UNEB também concedeu o título de Doutor Honoris Causa para o líder indígena Rosivaldo Ferreira da Silva, o cacique Babau Tupinambá, personalidade conhecida internacionalmente como referência de luta pelos povos indígenas do Brasil.

Campanha “O Futuro é Ancestral” 

Para celebrar as culturas, memórias e histórias dos povos indígenas, e reforçar a importância da luta resiliente pelo direito à vida e à terra, a UNEB lançou a campanha “O futuro é Ancestral“, alusiva ao Dia dos Povos Indígenas, comemorado em 19 de abril.

A iniciativa faz referência a obra “Futuro Ancestral”, do líder indígena, filósofo, ambientalista e escritor Ailton Krenak, que traz reflexões sobre o humano e sua origem comum. Para ele, o futuro sempre trará traços da ancestralidade porque nosso DNA é ancestral. É preciso olhar para os saberes e fazeres ancestrais para a humanidade seguir em frente.

E, nessa perspectiva de vínculo nativo, a UNEB busca reforçar a importância de estreitarmos os laços que nos unem enquanto povo diverso, plural, rico. Somos uno com a natureza, o bem-estar social e o bem-viver, que partem dessa compreensão de unicidade e conexão. É isso que as culturas indígenas defendem e avigoram.

Contextualizando a data 

Em 19 de abril, celebramos o Dia Nacional dos Povos Indígenas, uma data simbólica que representa a luta e resistência indígena. Uma homenagem à diversidade cultural e histórica dos povos originários que habitam o Brasil, a data tem como objetivos combater preconceitos e exigir que os direitos sejam respeitados.

Criada em 1943, com o nome de “Dia do Índio”, a comemoração foi adotada no Brasil durante o governo do então presidente Getúlio Vargas.

Em 2022, a data deixou de ser chamada de Dia do Índio e recebeu oficialmente o nome de “Dia dos Povos Indígenas”, a partir da Lei 14.402, de 2022. A mudança do nome da celebração tem o objetivo de explicitar a diversidade das culturas dos povos originários. (Ascom Uneb).

  • Compartilhe:

Mais do Mural do Oeste

Mais do Mural do Oeste

21/05/2024 PREFEITURA DE BARREIRAS INAUGURA PONTE DO CANTINHO DO SENHOR DOS AFLITOS “Com certeza é uma obra importante pois vai facilitar muito o acesso a nossa comunidade e melhorar as condições de trânsito para moradores e romeiros”. Com estas palavras o senhor Wilson de Oliveira Santos, de 60 anos, nascido e criado no Cantinho do Senhor dos Aflitos, definiu a nov ...
  • Compartilhe:

21/05/2024 PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES DE BARREIRAS, ALCIONE RODRIGUES ACOMPANHA INÍCIO DA OBRA DE RECUPERAÇÃO DA PONTE DA NANICA O vereador e presidente da Câmara Municipal de Barreiras, Alcione Rodrigues, esteve presente na manhã destterça-feira, 21, no início das obras de recuperação da ponte da comunidade da Nanica, localizada na zona rural do município. Alcione ressaltou a importância da obra para a comunidade e p ...
  • Compartilhe:

21/05/2024 OPERAÇÃO QUE MIRA PMs QUE VENDIAM ARMAS PARA FACÇÕES PRENDE 18 SUSPEITOS NA BAHIA E EM OUTROS DOIS ESTADOS A Polícia Federal (PF) já prendeu 18 suspeitos envolvidos com a venda de armas para facções criminosas durante a Operação Fogo Amigo, nesta terça-feira (21), na Bahia. Entre eles está um cabo da Polícia Militar da Bahia (PM-BA). De acordo com a PF, a ação acontece em Salvador/BA, Santo ...
  • Compartilhe:

21/05/2024 LATAM PASS OFERECE ATÉ 62% DE DESCONTO NA COMPRA DE PONTOS E PARCELAMENTO EM ATÉ 10x SEM JUROS   O LATAM Pass está oferecendo 62% de desconto na compra de pontos para assinantes do Clube LATAM Pass e/ou portadores dos cartões de crédito LATAM Pass Itaú e 52% para os demais usuários. A oferta é válida até terça-feira (21). Desconto 62% de desconto: para assinantes do Clu ...
  • Compartilhe:

21/05/2024 ZIZETTE BALBINO RECEBERÁ COMENDA 26 DE MAIO Em uma sessão solene que será realizada na Câmara Municipal de Vereadores, na próxima Quarta-feira, 22, será realizada a entrega da Comenda 26 de Maio à advogada Zizette Balbino. A Comenda é considerada grande honraria concedida pelo Poder Legislativo àqueles que contribuem para o desenvolvi ...
  • Compartilhe:

20/05/2024 INSCRIÇÕES ABERTAS PARA CERTIFICAÇÕES DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO A Secretaria de Educação da Bahia (SEC) abriu as inscrições para a realização das provas de certificação da Comissão Permanente de Avaliação (CPA) para os ensinos fundamental e médio. O agendamento das provas deve ser feito pelo site da CPA Digital, presencialmente em uma das 13 unidades ...
  • Compartilhe:

20/05/2024 PREFEITURA DE BARREIRAS REALIZA MAIS UM MUTIRÃO DE CIRURGIAS NO CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS Neste sábado (18), a Prefeitura Municipal de Barreiras, por meio da Secretaria de Saúde, realizou mais um mutirão de cirurgias odontológicas. Essa foi mais uma ação do Saúde na Agenda com atendimento especial voltado aos cuidados com os dentes e que integra a programação das comemorações ...
  • Compartilhe:

20/05/2024 RUI COSTA ESTARIA TRABALHANDO PARA VOLTAR AO GOVERNO DO ESTADO EM 2026 O ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT), trabalha nos bastidores para tentar voltar ao Governo da Bahia em 2026. A informação é da colunista Andreza Matais, do UOL. Esse foi um dos motivos que teriam feito o baiano fritar Jean Paul Prates, ex-presidente da Petrobras. Rui quer ter o controle da c ...
  • Compartilhe:

20/05/2024 NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DO EX-VEREADOR VALDIR COUTINHO Recebemos com grande pesar a notícia do falecimento do ex-vereador Valdir Martins Coutinho, ocorrido na madrugada desta segunda-feira (20), em decorrência de uma parada cardíaca. Ele deixa enlutada a esposa, Maria Valbene Ferreira Coutinho, e seus quatro filhos – Sílvio Douglas, Sila, Sidiane ...
  • Compartilhe:

20/05/2024 FINAL DE CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTSAL MASCULINO E FEMININO DE SÃO DESIDÉRIO É REALIZADA COM GINÁSIO LOTADO De casa cheia aconteceu nesse sábado,18, a Final do Campeonato Municipal de Futsal Masculino e Feminino. A competição foi uma realização da Prefeitura por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer. Os times Inacreditável (Masculino) e As Poderosas (Feminino) consagraram campeões das resp ...
  • Compartilhe:

20/05/2024 BRASIL ULTRAPASSA 5 MILHÕES DE CASOS DE DENGUE E BATE NOVO RECORDE; NÚMERO DE MORTES SE APROXIMA DE 3 MIL   O Brasil alcançou, nesta segunda-feira (20), a marca de 5.100.766 de casos prováveis de dengue em 2024. A informação consta na mais recente atualização do Painel de Monitoramento das Arboviroses, abastecido com base em dados do Ministério da Saúde. No total, são 2.827 mortos pela doe ...
  • Compartilhe:

20/05/2024 SINEBAHIA: CONFIRA AS VAGAS DE EMPREGO PARA BARREIRAS E BOM JESUS DA LAPA NESTA SEGUNDA-FEIRA (20) DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA: Carteira de Trabalho física ou Digital, RG, CPF, comprovantes de residência e escolaridade, além de certificados de cursos, se assim desejar. Essas são apenas algumas vagas disponíveis e estão sujeitas ao limite de encaminhamentos. Para consultar a lista completa, ...
  • Compartilhe:

20/05/2024 CORPO DE HOMEM QUE ESTAVA DESAPARECIDO É ENCONTRADO EMBAIXO DE EMBARCAÇÃO NO RIO SÃO FRANCISCO, EM IBOTIRAMA   O corpo de um homem que estava desaparecido há vários dias em Ibotirama foi encontrado embaixo de uma embarcação, no rio São Francisco, na manhã deste domingo (18). A vítima foi identificada como Edemilson Barros Valeriano, de 30 anos. A suspeita é de que ele tenha sido morto e deixad ...
  • Compartilhe:

20/05/2024 AGRICULTURA SUSTENTÁVEL NO OESTE DA BAHIA É PAUTA NO II CONGRESSO BRASILEIRO DE DIREITO E SUSTENTABILIDADE O agronegócio e as práticas sustentáveis adotadas na agricultura do oeste da Bahia foram destaque na primeira tarde de palestras do II Congresso Brasileiro de Direito e Sustentabilidade, realizado de quinta (16) até sexta-feira (17), em Salvador. Representando a Associação Baiana de Produtore ...
  • Compartilhe:

20/05/2024 ADOLESCENTE DE 16 ANOS MATA PAIS E IRMÃ ADOTIVOS DENTRO DE CASA EM SÃO PAULO Um adolescente de 16 anos foi apreendido na madrugada desta segunda-feira (20) após confessar à polícia que havia assassinado o pai, a mãe e a irmã adotivos dentro de casa na Vila Jaguara, Zona Oeste de São Paulo. De acordo com o boletim de ocorrência, o menor ligou para a Polícia Militar n ...
  • Compartilhe:

20/05/2024 PREFEITURA DE BARREIRAS ANUNCIA AS ATRAÇÕES DO SÃO JOÃO     Foi no ritmo dançante do forró Coração do Brasil que a Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, anunciou oficialmente as atrações que irão animar o melhor São João do interior da Bahia. O lançamento aconteceu nesta sexta-feira (17), no Centro Cult ...
  • Compartilhe:

20/05/2024 BURITIRAMA: GRUPO DO PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO ARIVAL VIANA DEFINE VEREADOR NALDO COMO PRÉ-CANDIDATO A VICE O Prefeito de Buritirama, Arival Viana(UB) e pré-candidato a reeleição, acaba de entrar em contato com a Redação do Jornal Correio do Oeste e confirmou o nome do Vereador Ednaldo Leite dos Santos mais conhecido por Naldo do Santo Expedito como pré-candidato à vice-prefeito na chapa majoritár ...
  • Compartilhe:

20/05/2024 MORRE PRESIDENTE DO IRÃ O presidente do Irã, Ebrahim Raisi, visto como potencial sucessor do líder supremo do país, aiatolá Ali Khamenei, morreu em um acidente de helicóptero, em terreno montanhoso perto da fronteira com o Azerbaijão, confirmaram autoridades iranianas e a mídia estatal na manhã desta segunda-feir ...
  • Compartilhe:

20/05/2024 HOMENS SÃO PRESOS EM SP FURTANDO DOAÇÕES QUE IRIAM PARA O RIO GRANDE DO SUL Dois homens foram presos acusados de arrombar um estádio e furtar doações que iriam para o Rio Grande do Sul na tarde desse sábado (18) em Praia Grande, litoral sul de São Paulo. Segundo a prefeitura da cidade, câmeras de segurança flagraram a ação a tempo do deslocamento da GCM (Guarda Ci ...
  • Compartilhe:

20/05/2024 PREFEITURA DE BARREIRAS CONTINUA INVESTINDO NA SAÚDE E PROPORCIONANDO QUALIDADE DE VIDA À POPULAÇÃO COM INAUGURAÇÃO DE MAIS UMA UNIDADE DE SAÚDE Na oportunidade, o prefeito Zito Barbosa também fez a entrega da iluminação em LED do bairro Cidade Nova   Com o compromisso de ofertar acesso à uma saúde pública de qualidade e proporcionar bem-estar e qualidade de vida para a população da Capital do Oeste, nesta quinta-feira (16), o prefe ...
  • Compartilhe:

Publicidade

Publicidade