SAULO MARTINS COBRA MEDIDAS EFETIVAS SOBRE ACESSO AO AUXILIO EMERGENCIAL DO GOVERNO FEDERAL

18 de jul de 2020

 

O Auxílio Emergencial é um benefício financeiro destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus – COVID 19.

Saulo em entrevista ao Mural do Oeste, relata que a maior parte dos comtemplados no cadastro do auxilio, por ele conhecido, não estão conseguindo realizar nenhum tipo de transição financeira. Diversos relatos estão viralizando nas redes sociais, e os telefones informados para tirar dúvidas se encontram indisponível na maior parte do tempo.

Estamos a mais de 5 (Cinco) meses enfrentando essa crise financeira e de saúde. Recebo pedido de orientação sobre o cadastro e o aplicativo diariamente desde o primeiro dia, vendo diversas pessoas sem conseguir acessar um recurso mínimo que teoricamente aparece como disponível, mas na prática não está ajudando efetivamente no acesso ao básico para essas famílias. Em época digital e de tanto avanço na tecnologia, não é fácil compreender o que de fato está ocorrendo na base do aplicativo escolhido como meio de acesso ao recurso e que seja de tão alto grau de dificuldade em ser solucionado. É preciso ter mais responsabilidade e comprometimento com essas pessoas. Saulo Martins.

Saulo também comentou que a confirmação da ampliação das parcelas do auxilio emergencial é muito importante, mas precisa ser viabilizada juntamente com o aperfeiçoamento do acesso ao sistema  digital que na prática reduz muito a ida até as agencias bancárias e facilita até mesmo aos comerciantes locais em suprir as necessidades dos beneficiados no programa.

  • Compartilhe:

Publicidade