PASTOR SARGENTO ISIDÓRIO DIZ QUE VOTA EM HADDAD: “NÃO VOTEI NO PRIMEIRO TURNO PENSANDO QUE ELE FOSSE GAY”

19 de out de 2018

Deputado federal eleito , pastor sargento Isidório (Avante), o mais votado da Bahia com mais de 300 mil votos disse que só não votou em Haddad no primeiro turno por ter sido induzido por fake news a acreditar que Haddad fosse gay.“Eu falei para o governador Rui Costa que não iria votar em viado, mas o governador me explicou que Haddad era casado e tinha filhos”, contou  Isidório. “Era tudo fake news, não existiu kit gay nas escolas e não existe no programa do PT pontos como liberação de drogas e do aborto” disse o pastor, afirmando ainda que, no segundo turno, votará em Haddad. Convencido do caráter familiar e religioso de Haddad, Isidório começou a mobilizar sua base, que lhe rendeu a maior votação para deputado federal, em prol da campanha petista. “Fiz uma reunião com 400 pessoas para pedir votos para o candidato”, falou. O filho do pastor, João Isidório (Avante), também foi 

  • Compartilhe:

Publicidade