PARTIDOS DO CENTRÃO COGITAM FUSÃO E CRIAÇÃO DE BLOCO CHAMADO “RESPONSABILIDADE E SENSATEZ”

15 de out de 2018

Passado o primeiro turno, o Centrão, que apoiou o candidato Geraldo Alckmin (PSDB) na corrida pela Presidência da República, já traça planos para sua atuação no Congresso Nacional após ter perdido 22 deputados federais.

Formado por PP, DEM, PR, PRB e Solidariedade, o grupo cogita centrar esforços na recondução do deputado Rodrigo Maia (DEM) à presidência da Câmara.

De acordo com a Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo, em uma reunião com Rodrigo Maia e o presidente do DEM, ACM Neto, na última semana, o secretário-geral do PSDB, Marcus Pestana, propôs criar um bloco com esses partidos, incluindo o MDB, o PSDB e o PSD, chamado de “responsabilidade e sensatez”.

Além da atuação em bloco e reeleição de Maia, o grupo pretende discutir uma fusão partidária como “antídoto à excessiva pulverização do quadro político”.

Por: Câmara dos Deputados

  • Compartilhe:

Publicidade