MUNIÇÃO USADA PARA MATAR VEREADORA FAZIA PARTE DE UM LOTE VENDIDO A POLÍCIA FEDERAL

16 de mar de 2018

RIO DE JANEIRO, RJ – 25.05.2017: VEREADORA DO PSOL MARIELLE FRANCO – Vereadora do PSOL, Marielle Franco em seu gabinete. (Foto: Rodrigo Chadí /Fotoarena/Folhapress) ORG XMIT: 1498832

A munição utilizada pelos criminosos que mataram a vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) com tiros de uma pistola calibre 9mm na última quarta-feira (14) é de lotes vendidos para a Polícia Federal de Brasília em 2006, de acordo com o G1. As polícias Civil e Federal vão iniciar um trabalho conjunto de rastreamento. segundo a perícia da Divisão de Homicídios, divulgada nesta quinta-feira (16), o lote de munição UZZ-18 é original, ou seja, ela não foi recarregada. Segundo a investigação, os lotes de munições foram vendidos à PF de Brasília pela empresa CBC no dia 29 de dezembro de 2006, com as notas fiscais número 220-821 E 220-822.

  • Compartilhe:

Publicidade