MULHER APONTADA COMO ‘LARANJA DO PSL’ DEIXOU O PAÍS

15 de fev de 2019

A Polícia Federal chamou para depor mulheres que teriam atuado como candidatas-laranjas do PSL em Minas Gerais, nas eleições do ano passado. Segundo O Globo, a principal suspeita está no exterior.

Segundo um policial, ela saiu do país por medo, mas já informou que voltará ao Brasil para prestar os esclarecimentos necessários. A apuração do caso ocorre dentro de um procedimento preliminar. Pela lei, a PF só pode abrir inquérito sobre o assunto a pedido da Justiça Eleitoral.

 

Via: O Antagonista

  • Compartilhe:

Publicidade