MORRE DE CORONAVIRUS LEVY FIDELIX, EX-CANDIDATO A PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

24 de abr de 2021

Levy Fidelix, presidente nacional do PRTB, morreu na noite desta sexta-feira, 23, em São Paulo, vítima da covid-19. Ele tinha 69 anos e estava internado desde março em um hospital particular.

A informação foi publicada na rede social do político. “Nosso eterno líder deixa como legado o dinamismo, o bom combate , a criatividade, a honradez, a lisura em suas ações e a fé inabalável, que norteram sua vida pública e privada.”, diz um trecho do comunicado (leia mais abaixo). As informações são da revista Quem.

O político ficou conhecido por defender o projeto “aerotrem” como principal meio transporte público, Levy Fidelix concorreu a diversos cargos em mais de 10 eleições, mas nunca se elegeu. Se candidatou a deputado federal (três vezes), governador de São Paulo (duas tentativas), presidente da República (duas vezes) e prefeito de São Paulo (em três ocasiões).

Crédito: Reprodução/InstagramLevy Fidelix morre aos 69 anos em SP, vítima da covid-19

Fidelix ainda era um dos apoiadores do governo Jair Bolsonaro e amigo do vice-presidente Hamilton Mourão, que é filiado ao PRTB.

Em uma rede social, o vice-presidente lamentou a morte de, Levy Fidelix. Mourão afirmou que o movimento conservador do país “perde um dos seus principais representantes”.

 

Fidelix deixa sua mulher, Aldinea Rodrigues Cruz, e uma filha, Lívia Fidelix, que tentou se eleger deputada nas eleições de 2018.

Nota sobe a morte de Levy Fidelix:

É” com profunda dor e pesar que o PRTB, por sua diretoria, comunica o falecimento do nosso Líder, Fundador e Presidente Nacional Levy Fidelix, ocorrida nesta data na cidade de São Paulo.

Nosso eterno líder deixa como legado o dinamismo, o bom combate , a criatividade, a honradez, a lisura em suas ações e a fé inabalável, que norteram sua vida pública e privada.

Como um brasileiro notável, nunca se furtou aos grandes debates nacionais e de forma direta contribuiu para uma nação mais justa, defendendo a vida, as liberdades individuais e o equilíbrio entre passado, presente e futuro, em prol do bem comum. Descanse em paz homem do Aerotrem!”

  • Compartilhe:

Publicidade