MORO É DERROTADO E COMISSÃO TIRA COAF DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

09 de maio de 2019

Em uma derrota para Sérgio Moro, a comissão mista que analisa a reforma administrativa (MP 870) do governo Bolsonaro aprovou nesta quinta-feira (9) retirar o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça.

O órgão então retornará para a pasta da Economia, de Paulo Guedes. A determinação, no entanto, ainda precisa ser apreciada pela Câmara dos Deputados e pelo Senado.

Depois de três dias de sessão entre os parlamentares para debater a MP, a votação sobre o Coaf terminou com 14 votos a favor da mudança e 11 contra.

o senador Fernando Bezerra Coelho informou na manhã desta segunda-feira (6) ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que irá manter em seu relatório o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) dentro da estrutura da pasta.

Revista Exame

  • Compartilhe:

Publicidade