MÉDICO BRASILEIRO FAZ PIADA SEXISTA E MISÓGINA COM MUÇULMANA E É PRESO NO EGITO

31 de maio de 2021

Foto: Reprodução/Instagram

Autoridades do Egito prenderam médico brasileiro Victor Sorrentino neste domingo (30) depois que ele publicou um vídeo em que aparece importunando e assediando uma mulher muçulmana. A informação foi confirmada pela revista Marie Claire.

 

Sorrentino é conhecido também por ser influenciador digital e  publicou o vídeo no perfil do Instagram que soma quase um milhão de seguidores. No vídeo ele aparece fazendo comentários sexistas dirigidos a uma mulher que vendia papiro, um material parecido com papel que era usado pelos antigos egípcios para escrever.

 

Uma das frases ditas pelo médico, aos risos, no vídeo é: “Vocês gostam mesmo é do bem duro, né? Comprido também fica legal, né?”.

 

Victor fez os comentários sexistas em português e estava acompanhado de um amigo no momento. A vendedora não compreendeu e apareceu concordando e sorrindo, enquanto o médico e seu amigo dão risadas.

 

A reportagem da Marie Claire destaca que após a repercussão do caso e críticas, Victor tornou o perfil privado e postou um novo vídeo em que pede desculpas.

 

“Eu sou assim. Sou um cara muito brincalhão”, disse Sorrentino à mulher. Ele disse ainda que costuma fazer esse tipo de “brincadeira” com amigos e familiares, mas que não tinha o direito de fazer com uma desconhecida. “Como eu vi que tu é uma pessoa risonha e estava brincando junto com a gente, eu acabei brincando”, justificou.

 

O Ministério do Interior do Egito publicou um comunicado em sua página no Facebook informando a prisão do brasileiro. “O Ministério do Interior conseguiu prender um estrangeiro por assédio a uma menina depois de publicar um vídeo contendo o incidente de assédio nas redes sociais na Internet. Os serviços de segurança conseguiram identificar a vítima e o autor do incidente, e tomar as medidas judiciais contra ele e apresentar ao Ministério Público competente”, disse o comunicado.

Bahia Notícias

  • Compartilhe:

Publicidade