GUALBERTO AVALIA QUE DECISÃO CONTRA LULA ABRE BOM PRECEDENTE: ‘É UM ALÍVIO PARA O PAÍS’

24 de jan de 2018

O deputado federal e presidente estadual do PSDB, João Gualberto (PSDB), avalia que a decisão contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em segunda instância abre um bom precedente para o país. Segundo ele, a manutenção da condenação é um “alívio” para o país e pode servir para intimidar outros políticos a se envolverem em casos de corrupção. “Eu acho que é um alívio para o Brasil e para a democracia”, comentou o parlamentar em entrevista ao Bahia Notícias na tarde desta quarta-feira (24). “Outros presidentes nunca tinham sido condenados, nunca tinham ido pra cadeia”, afirmou. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) decidiu, por unanimidade, manter a condenação de Lula pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O colegiado formado por três desembargadores optou ainda por aumentar a pena do ex-presidente para 12 anos e um mês em regime fechado. Para Gualberto, os questionamentos de aliados de Lula à decisão são apenas “choradeira”. “Se não fosse condenado, não existiria Justiça no brasil”, argumentou. Para Gualberto, novas gerações de políticos pode tomar esse caso como exemplo para não participarem de esquemas criminosos. “O mensalão e o petrolão começaram a levar políticos para a cadeia. Mas faltava o mentor”, disse. Ao Bahia Notícias, o presidente estadual do PSDB alegou ainda não estar pensando nas consequências da decisão do TRF4 para disputa eleitoral deste ano. Com toda honestidade, estou pouco ligando pra isso. Isso pouco importa, é muito pequeno”, comentou.

 

Via: Bahia Notícias

  • Compartilhe:

Publicidade