DEPUTADO QUER QUE GOVERNO DA BAHIA REDUZA COM URGÊNCIA O ICMS DOS COMBUSTÍVEIS, QUE É UM DOS MAIS CAROS DO BRASIL

26 de maio de 2018

 

 

Reiterando o seu posicionamento relativo à cobrança do ICMS sobre os combustíveis, o deputado estadual Augusto Castro (PSDB) volta a dizer que o governo baiano também precisa demonstrar sensibilidade e dar a sua contribuição para o fim da crise no país.  Para Castro, o governo não pode fugir a esse debate. Augusto confirma que, ao apagar das luzes de 2014, a Assembleia Legislativa aprovou aumento da alíquota do ICMS sobre o combustível de 3%, saindo de 27% para 30%, atendendo a pedido do governo. “Com esse reajuste, que a bancada do PT aprovou por unanimidade, e hoje tenta negar, a Bahia passou a ter uma das alíquotas mais caras do país. É preciso rever com urgência essa cobrança, que só contribui para o arrocho imposto pela elevada carga tributária que incide diretamente na renda das famílias. Deixo claro que votei con tra esse aumento”, diz o deputado, que conclama os colegas parlamentares, e a sociedade como um todo, para uma ampla discussão sobre essa questão.

  • Compartilhe:

Publicidade