”DEFENDI ISOLAMENTO, QUARENTENA, APOIO AOS NECESSITADOS E MUITA CALMA”, DIZ SÉRGIO MORO

03 de abr de 2020

Sergio Moro, depois da entrevista aloprada de Jair Bolsonaro, fez questão de distanciar-se novamente do chefe, defendendo as medidas restritivas implementadas no mundo todo:

“Pela manhã, dei entrevista à Rádio Gaúcha, defendi isolamento, quarentena, muita cautela na soltura de presos por juízes (não há infectados nas prisões), apoio aos necessitados, e muita calma. Juntos, sairemos mais fortes.”

 

O Antagonista

  • Compartilhe:

Publicidade