CRIANÇAS MORREM AFOGADAS EM FORMOSA DO RIO PRETO

08 de jul de 2019

No início da tarde de ontem, domingo, 7, por volta das 13h30, duas crianças morreram afogadas nas águas do Rio Preto, no município de Formosa do Rio Preto.

Segundo informações, as crianças moravam com seus pais no estado do Piauí e estavam a passeio na cidade. Elas foram identificadas como Débora Gonçalves da Cunha, de 7 anos, e Mariany Gonçalves de Oliveira, de 4. Ainda de acordo com informações, Débora foi resgatada por um popular que presenciou o fato. Ela foi socorrida no local e encaminhada para o Hospital Dr. Altino Lemos, mas não resistiu e morreu. Mariany havia desaparecido após o afogamento e com muito esforço de familiares e populares, seu corpo foi encontrado já no final da tarde, por volta das 17h30, numa chácara a certa distância do local do afogamento. Os corpos das crianças foram removidos para o IML de Barreiras onde passarão por necropsia.

As duas crianças que morreram afogadas participavam de uma comemoração de aniversário do pai de Marianny de quatro anos, que morreu afogada e foi localizada no final da tarde, cerca de 18 km do local da tragédia.
Débora de sete anos foi resgatada por um homem morador do bairro Santana e recebeu os primeiros socorros por uma técnica de enfermagem que em seguida a acompanhou até o Hospital Dr. Altino Lemos Santiago. Ela não resistiu e morreu no meio da tarde, apesar do esforço da equipe médica do hospital de Formosa do Rio Preto (BA).
A tragédia deste domingo deixou a cidade consternada e uma festa que aconteceria numa chácara às margens do rio foi cancelada. Muitas pessoas foram até o local para acompanhar o resgate de Marianny. Diversos mergulhares de Formosa do Rio Preto (BA) e que usaram um barco da prefeitura local, passaram a tarde a procura do corpo da menina que foi localizado por volta das 17h30 por uma mulher que estava em uma chácara e viu o corpo descendo pelo rio e familiares acionaram a Polícia.
Técnicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e a policiais da 86ª Companhia Independente de Polícia Militar (86ª CIPM) estiveram durante toda a tarde dando suporte e esperançosos de localizar a menina com vida.
Elas eram naturais da cidade de Cristalândia (PI) distante 50 km de Formosa do Rio Preto na Bahia.

 

  Com informações do Blog Sigi Vilares e Portal do Cerrado
  • Compartilhe:

Publicidade