COM UM A MENOS NA MAIOR PARTE DO JOGO, CORINTHIANS É ELIMINADO DA LIBERTADORES

13 de fev de 2020

 

O Corinthians está eliminado da Libertadores da América. Favorito pela imprensa, pela torcida e até por apostadores internacionais (como no site apostasesportivasbonus.com), o Timão ainda conseguiu vencer o Guaraní do Paraguai por 2 a 1,mas não foi o suficiente para avançar na competição, pois com a derrota sofrida na partida de ida, por 1 a 0, e o gol tomado em casa, os paraguaios levaram a melhor.

O Guaraní agora avança para a última fase preliminar do torneio antes de chegar à fase de grupos.

O Corinthians contou com um empecilho durante a maior parte do jogo: Pedrinho voltou à equipe após disputar o torneio Pré-Olímpico com o Brasil, mas a jovem promessa corintiana saiu de campo ainda no primeiro tempo de partida após ser expulso. O Guaraní também teve uma expulsão perto do final do confronto, mas que não atrapalhou na classificação.

Vagner Love desabafou ao fim da partida: “Pedir desculpas ao torcedor que veio aqui e nos apoiou do começo ao fim. A culpa é só nossa, dos jogadores. É difícil falar, dar uma explicação. A gente fica muito triste, queríamos muito estar na Libertadores. Nos cobramos muito, trabalhamos muito para isso acontecer. Mas, infelizmente, hoje não foi o nosso dia. Em momento nenhum deixamos de lutar.”

Apesar da eliminação o Timão conseguiu quebrar um tabu. Eliminado em casa por esse mesmo Guaraní em 2015 na fase de oitavas de final, o Alvinegro acumulava três derrotas nos duelos contra o clube do Paraguai, e ainda não havia marcado nenhum gol. A vitória veio, os gols também, mas a eliminação na Arena Corinthians se repete.

O jogo

O Corinthians, que precisava da vitória a todo custo, começou indo para cima do Guarani no primeiro tempo. E logo aos oito minutos de jogo, Luan, com um chute de fora da área, abriu o placar para o Timão.

O Guaraní, nos espaços dados pelo time da casa, teve uma chance clara perdida aos 20 minutos, com o gol vazio após rebote de Cássio. Após o susto, a pressão continuou sendo corintiana, mas aos 28 minutos de jogo, Pedrinho fez falta ao tentar uma bicicleta de fora da área, atingindo o adversário. Com isso, o jogador tomou o segundo cartão amarelo e deixou o Corinthians com um a menos em campo.

Mesmo em desvantagem numérica, aos 31, o Timão fez o segundo gol com Boselli. Ambos os times ainda tiveram boas chances, porém, ao final da primeira etapa, esse placar de 2 a 0 classificava os donos da casa.

Mas a coisa mudou para o Corinthians no segundo tempo. Logo aos sete minutos, Fernández, em cobrança de falta, diminuiu para o Guaraní, 2 a 1. A partir daí o Corinthians teve que se virar com um a menos e ser o mais ofensivo possível.

Com ataques, chances perdidas e bela atuação do goleiro Servio, do Guaraní, o nervosismo foi tomando conta pelo lado alvinegro. O Corinthians ainda viu uma esperança quando Romaña foi expulso pelo time do Paraguai aos 40 minutos. Mas, de nada adiantou. Com o 2 a 1 no placar, os paraguaios se classificaram graças ao gol fora de casa.

A sequência

O Guaraní agora irá enfrentar o Palestino, do Chile, na última fase preliminar da Libertadores. Quem avançar estará no grupo com Palmeiras, Bolívar (Bolívia) e Tigres (Argentina).

Já o Corinthians entra em campo nesse sábado, às 19h, para o clássico Majestoso contra o São Paulo, no Morumbi, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

  • Compartilhe:

Publicidade