CASO FLORDELÍS: POLÍCIA INVESTIGA BOMBA JOGADA EM CASA DE TESTEMUNHA

06 de set de 2020

A Polícia Civil do Rio abriu inquérito para apurar a denúncia de que uma bomba caseira foi jogada na casa de uma testemunha da investigação sobre a morte do pastor Anderson do Carmo. O caso teria ocorrido na madrugada desta sexta-feira (4). A delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) investiga a ocorrência, segundo o G1.

Para a polícia e o Ministério Público, a deputada Federal Flordelis esposa do pastor, é a mandante do assassinato. Ela foi denunciada pelo crime, mas não chegou a ser presa por possuir imunidade parlamentar (entenda aqui). A polícia só pode cumprir um mandado de prisão em caso de perda de mandato. A Justiça aceitou a denúncia, e Flordelis virou ré no processo.

Bahia Noticias

  • Compartilhe:

Publicidade