BRASIL REGISTRA 1.279 MORTES POR COVID EM 24 HORAS E ULTRAPASSA 392 MIL ÓBITOS

26 de abr de 2021

 

O Brasil registrou 1.279 mortes pela Covid e 31.044 casos da doença, nesta segunda-feira (26). Com isso, o país chegou a 392.204 vidas perdidas e a 14.370.456 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia.

A Bahia não divulgou dados atualizados da pandemia, nesta segunda.

A média móvel de mortes chegou a 2.451 e, apesar de permanecer em níveis elevados, completou nove dias em queda.

Aos domingos, segundas e feriados os números registrados da Covid costumam ser menores por atrasos de notificação nas secretarias de saúde, que nesses dias trabalham em expediente de plantão, contando assim com menos profissionais.

Os dados do país, coletados até as 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S. Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diariamente com as secretarias de Saúde estaduais.

Nesta segunda, o Brasil, mais uma vez, teve registro de mais de 1 milhão de aplicações de vacinas registradas, mas, novamente, mais segundas do que primeiras doses. Foram 548.499 segundas doses e 522.849 primeiras.

Foram atualizadas as informações repassadas sobre a vacinação contra a Covid-19 pelos 24 estados e o Distrito Federal.

Já foram aplicadas no total 42.682.322 doses de vacina (29.554.723 da primeira dose e 13.127.599 da segunda dose), de acordo com as informações disponibilizadas pelas secretarias de Saúde.
Com o total de doses aplicadas até o momento, 18,37% dos brasileiros maiores de 18 anos tomaram a primeira dose e só 8,16% a segunda.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

 

Folhapress

  • Compartilhe:

Publicidade