BOLSONARO PERCEBEU QUE O CUSTO PARA SE MANTER NO PODER AUMENTOU

19 de Maio de 2020

O vídeo da reunião ministerial de Jair Bolsonaro “contém fragmentos de um processo de suicídio político”, diz José Casado.

“É parte do mosaico de autoflagelo que justifica pressões crescentes, hoje materializadas em três dezenas de pedidos de impeachment (…).

A construção do impedimento está se tornando fato político, a despeito da decisão do procurador-geral sobre eventual crime de responsabilidade ou de Maia rejeitar os atuais pedidos de impeachment.

É impossível prever o desfecho, mas Bolsonaro percebeu o quanto já aumentou o custo da sua permanência no poder. Ontem entregou ao grupo de Valdemar Costa Neto, do PL, notório ex-presidiário do mensalão, o FNDE, onde se gasta por ano o equivalente a 20% do orçamento do MEC”.

 

O Antagonista

  • Compartilhe:

Publicidade