BARREIRAS: TÉCNICAS DE ENFERMAGEM VÃO A CÂMARA MUNICIPAL E PEDEM INTERFERÊNCIA DOS EDIS PARA QUE POSSAM TERMINAR CURSO

17 de mar de 2018

Os alunos do curso de Técnico em Enfermagem do Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Grande (CETEP), localizado em Barreiras, Oeste da Bahia,  continuam na luta em busca de um perceptor para que possam fazer o estágio, concluir o curso e entrar no mercado de trabalho. Eles estiveram na sessão desta quarta-feira, 14 e pediram a interferência dos vereadores pata tentar sanar o problema. As turmas  de 2014/2015 concluíram os componentes curriculares da Base Comum e da Formação Profissional e esperam somente a carga horária de estágio para a colação grau, mas por falta de professores de Estágio, os chamados preceptores que supervisionam e orientam a prática dos alunos, não receberam a coroação que os habilita para o exercício da profissão.

Segundo a aluna Valquíria Miranda, a medida é urgente e necessária, “precisamos com urgência da contratação desses profissionais para que realizemos a carga horária de estágio pendente, bem como a realização da colação de grau, para podermos então concluir o curso Técnico em Enfermagem e estarmos aptos a exercer a tão sonhada profissão”. A maioria dos alunos são mães e pais de famílias que precisam do Registro no Conselho Regional de Enfermagem (COREN) para poder atuar. Valquíria complementa, “ao longo do curso, fizemos investimentos com transporte, alimentação, material didático e instrumentos para prática do estágio. Com a regularização da situação dos alunos, a saúde da região oeste tem muito a ganhar, pois serão inseridos no mercado de trabalho profissionais qualificados, aptos a contribuir de forma satisfatória com a saúde daqueles que necessitam”, esclarece

Os vereadores defenderam as técnicas em enfermagem e sugeriram que a secretaria de Saúde de Barreiras ou a secretaria de Educação interfira para ajudar a resolver o problema. Segundo os edis Barreiras tem muita carência desse tipo de profissional e elas seriam muito bem vinda nos hospital e nos postos de saúde da rede municipal. Também apelaram  aos deputados eleitos na região para que possam, buscar junto ao governador uma saída urgente para solucionar o problema.

  • Compartilhe:

Publicidade