BARREIRAS: NO DIA EM QUE COMPLETARIA 15 ANOS, FAMILIARES DE EMILLY RAQUEL REFORÇAM PEDIDOS DE CUIDADOS NO TRÂNSITO

16 de mar de 2021

A morte precoce de Emilly Raquel, aos três anos de idade, vítima de um acidente de carro na BR-242, quando sua família fazia um trajeto entre as cidades de Novo Horizonte e Barreiras, mobilizou toda a sociedade barreirense. Nesta terça-feira, 16, Emilly completaria 15 anos de idade. Após o acontecimento, seus pais, amigos e familiares desencadearam uma série de campanhas educativas pelo uso do cinto de segurança e da cadeirinha, no caso de crianças menores. Ela nasceu no dia 16 de março de 2006 e era a caçula de três filhas do casal Sandra e Rembrandt Marques Cordeiro.

”O nosso sentimento era de gritar para o mundo e para as pessoas: Cuide do seu filho, não justifica você perder um filho por uma irresponsabilidade, não dá mais para perder tantas vidas no trânsito”, disse o pai de Emilly em entrevista.

O Mural do Oeste reforça o pedido de cuidados no trânsito, principalmente com o uso correto das cadeirinhas em crianças.

  • Compartilhe:

Publicidade