BARREIRAS: CLIMA ESQUENTA E OITO VEREADORES AMEAÇAM ROMPIMENTO COM PREFEITO ZITO BARBOSA

16 de fev de 2018

 

 

O clima azedou de vez entre nove vereadores, sendo oito  da base aliada e o prefeito Zito Barbosa. A ameaça agora é de rompimento caso o prefeito não revogue imediatamente o novo Código Eleitoral de autoria do prefeito e aprovado em 2017 sob o regime de urgência urgentíssima. Depois da aprovação e com a divulgação da majoração excessiva dos preços dos impostos municipais, à população reagiu com rigor e partiu para cima dos vereadores. Com a batata quente na mão e tendo que segurar a bomba sozinhos, eles buscaram orientação jurídica, se reuniram por diversas vezes, ouviram associações, igrejas, entidades de classes, entidades sindicais,  profissionais liberais, lojistas e moradores e, chegaram a conclusão, que o melhor era admitir o erro e propor a revogação do novo Código Tributário. Assim o fizeram em documento assinado pelos vereadores Gilson Rodrigues (Presidente da Câmara), Carlos Costa, Sobrinho, Beza, Carlão. Bem Hir Aires, Hipólito, Sobrinho e José Barbosa e protocolado na Prefeitura Municipal de Barreiras, conforme mostrou o Mural do Oeste em diversas reportagens.

O prefeito Zito Barbosa até o momento não se manifestou na imprensa sobre o assunto. Na manhã desta sexta-feira, 16, pipocou a informação de que os vereadores teriam dado um ultimato ao prefeito. Ou o código eleitoral é revogado ou os vereadores rompem. Articuladores de parte a parte entraram em campo e buscam contornar o quiprocó. Novas informações a qualquer momento.

  • Compartilhe:

Publicidade