BAHIA ARRANCA EMPATE CONTRA O INTERNACIONAL COM GOL NOS MINUTOS FINAIS

07 de set de 2020

Nos minutos finais, o Bahia arrancou um empate com o Internacional em 2 a 2 na tarde deste domingo (6), no Beira-Rio, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Patrick e Thiago Galhardo marcaram para o Colorado, enquanto Rodriguinho e Clayson fizeram para o Tricolor.

Com o resultado, o Tricolor agora soma nove pontos conquistados na competição e está na 11ª posição. A equipe volta a jogar na próxima quinta-feira (10), contra o Grêmio, em Pituaçu.

O JOGO

O Esquadrão de Aço começou a partida sendo pressionado logo no primeiro minuto. Após cruzamento de Uendel vindo da esquerda, Juninho Capixaba desviou de cabeça e D’Alessandro aproveitou a sobra para chutar. Mateus Claus rebateu e evitou o gol do Inter.

Rodriguinho abre o placar

O Bahia abriu o placar aos 20 minutos com Rodriguinho. Na jogada, o Inter errou na saída de bola e Daniel ficou com a sobra. O camisa 8 deixou o 10 na cara do gol. Ele cortou Boschilia, finalizou e a bola ainda desviou em Zé Gabriel antes de morrer na rede.

Patrick empata

Sete minutos depois do Bahia sair na frente, o Inter empatou. Juninho tentou afastar a bola na defesa e não conseguiu. A bola sobrou com D’Alessandro, que rolou para Thiago Galhardo. Ele cruzou na área e Patrick superou Nino Paraíba no alto para cabecear ao gol.

Aos 31, o Bahia assustou. Gilberto recebeu na grande área, chutou desviado e a bola quase enganou Marcelo Lomba. Aos 40, Gilberto recebeu passe em profundidade de Élber e colocou na rede, mas a árbitragem acusou impedimento. Com 44, Thiago Galhardo recebeu cruzamento e mandou para o gol, mas ele também teve o seu gol cancelado pelos juízes.

Segundo tempo

A segunda etapa começou com o Internacional apertando o Bahia. Por outro lado, o Tricolor conseguia evitar as investidas do adversário, mas errava na construção do contra-ataque, o que facilitou a vida dos jogadores colorados.

Aos 14 minutos, em cobrança de falta, D’Alessandro bateu bem na bola, mas Mateus Claus fez uma grande defesa e evitou o tento do Inter.

Com pênalti controverso, Galhardo marca o segundo do Inter

Com 18 minutos do segundo tempo, após bola na área, Gregore encostou em Victor Cuesta e o zagueiro colocado caiu dentro da área. O juiz Bráulio da Silva Machado acusou a penalidade máxima e manteve a sua marcação mesmo depois de ser alertado pelo árbitro de vídeo. Thiago Galhardo bateu firme e colocou o Inter na frente.

Aos 31, Rossi recebeu lançamento e ficou de cara com Marcelo Lomba, mas o goleiro levou a melhor na dividida antes que o atacante tricolor encostasse na bola.

Aos 35, mais Inter. Peglow avançou na intermediária e bateu forte com desvio. A bola passou ao lado da meta.

De pênalti, Clayson empata

Nos acréscimos, Rodinei derrubou Élber sem bola dentro da área e o juiz marcou o pênalti após análise do VAR. Na cobrança, Clayson bateu bem no cando direito e empatou o jogo.

Antes do fim do jogo, o Bahia ainda criou chances com Clayson e Ernando, mas o Inter conseguiu manter o placar.

FICHA TÉCNICA
Internacional 2 x 2 Bahia
Campeonato Brasileiro – 8ª rodada
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre
Data: 06/09/2020 (quarta-feira)
Horário: 16h
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Neuza Ines Back (SP) e Éder Alexandre (SC)
VAR: O árbitro de vídeo terá o comando de Marcio Henrique de Gois, auxiliado por Edina Alves Batista e Herman Brumel Vani (todos de SP).

Cartões amarelos: Ronaldo, Nino Paraíba (Bahia) / Rodinei e Zé Gabriel (Internacional)

Gols: Patrick, Thiago Galhardo (Internacional) / Rodriguinho e Clayson (Bahia)

Internacional: Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel, Cuesta e Uendel (Rodinei); Johnny (Moledo), Edenílson, Patrick (Abel Hernandez) e Boschlia (Marcos Guilherme); D’Alessandro (Peglow) e Thiago Galhardo. Técnico: Eduardo Coudet.

Bahia: Mateus Claus; Nino Paraíba, Ernando, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Ronaldo (Edson), Daniel (Rossi) e Rodriguinho (Fessin); Élber e Gilberto (Clayson). Técnico: Cláudio Prates.

  • Compartilhe:

Publicidade