ALGUMAS MALUQUICES PROVERBIAIS

11 de ago de 2021

Roberto de Sena

 

1

Sabe quais são os dois maiores  mistérios?

A  vida e a morte.

Uma não  existe  sem  a  outra

Nem a ciência e nem a  religião sabem

por qual razão nascemos

por qual razão  morremos.

Apenas  a fé tenta explicar

esse mistério sem  explicação

Apenas a fé  tenta  responder

essas perguntas  sem respostas:

Por qual  razão nascemos?

Por qual razão morremos?

A  perplexidade é o  nosso grande  enigma

 

2 – Não  podemos nos desesperar com a morte.

Assim como  não sabemos porque nascemos

da  mesma forma não temos a menor ideia

de  por qual  razão morremos.

Vida e morte são irmãs xipófagas

nasceram  grudadas

e não há como separar uma da outra

Nascer e morrer são  só  duas partes do grande enigma

 

3

Tenha sempre em  mente

que é  melhor passar a vida

carregando um saco de pedras

do que uma  culpa

ainda que  essa

não pese mais que aquela

 

4

Homenagens devem ser  prestadas  sempre em vida

cadáveres não ouvem aplausos

 

5

Escrever é  uma forma  de me esconder

dentro das palavras  e assim  tentar

enganar os demônios

que  insistem em atormentar  minha alma

 

6

Não se esqueça: do  jeito que há  palavras

que doem e machucam

há silêncios que doem  e nos envergonham

mais do que  um soco  no  estômago

ou um  tapa na  cara

 

7

Guardais bem isso que lhe digo

é  melhor  que lhe arranques  um  braço

do que fazeres  uma acusação falsa

a um inocente.

 

8

É prudente desconfiar de uma pessoa

que diz que  só confia  em  si  mesma.

Saiba:  uma pessoa que  só  confia nela mesma

não merece a menor confiança

 

9

Escute:

tem  gente que só é gente no nome.

Se você  trocar a  cabeça

deste tipo  de  gente

pela cabeça  de qualquer  bicho feroz

não fará a menor diferença

 

10

Não se esqueça

o silencio  pode ser mais assustador

em  determinadas  circunstâncias

do que  as  palavras

Quem cala nem sempre  consente

aliás,  na  maioria das vezes,

quem cala fica com uma trava

atravessada na garganta

e demônios expelindo fogo no cérebro

 

11

Tire  a  inveja do seu coração.

A inveja se  transforma  em  um tumor,

uma espécie de câncer

e  não há  quimioterapia  que dê jeito

 

12

A vida só será  justa

quando todos tiverem sonhos e esperanças

e sorverem a  alegria de viver

A vida só será  justa

quando  uns não pisarem  nos outros.

Fora isso a  vida  é uma grande fraude

 

13

Escrevo para fugir

do meu maior algoz

do meu maior perseguidor

que sou eu mesmo

e meus fantasmas

e meu tribunal interior

14

Não é fácil  ser absolvido

dos nossos próprios julgamentos.

isso tudo mundo  já disse

todo  mundo já sabe

mas eu torno a dizer

nosso tribunal interior é implacável

não é nada confortável

sentar no  banco dos réus

de nossa própria consciência

 

15

Todo mundo tem um tribunal dentro de si

só os psicopatas é que não sentem culpa

(Pelo menos é o que os especialistas dizem)

 

16

Parece obvio mas é sempre bom repetir

as coisas que parecem fáceis

são as mais difíceis.

E vice e versa

eu aqui já estou voando

em um tapete persa

 

17 –

Já levei muito coice da palavra

As palavras já  me derrubaram por várias vezes.

palavras são mais violentas de que mulas

e não aceitam que lhe botem cabresto ou esporas

 

18

Em política aquilo que não é.

Não é.

Mas, pode ser.

 

19

Todo futuro um dia será passado.

O passado, no entanto, se rebela

e as vezes reaparece no futuro

fora do contexto, descabelado ou elegante

para nos fascinar ou assombrar

 

20

As novas tecnologias

derrubaram fronteiras

ou construíram outras

ainda mais intransponíveis?

 

21

A escrita foi inventada há mais de 2 mil anos

e permanece moderna,  viva, contemporânea.

a escrita possui um mecanismo que não quebra nunca

e mesmo quando envelhece, a escrita se renova

 

22

Não sei se há nada mais revolucionário

do que a invenção do vaso sanitário

 

23

Somos o que somos

ou pensamos ser, o que não somos?

Somos ou não somos?

Quem somos?

o que somos?

24

 

Tem gente que se fosse

o que pensa que é.

Não seria gente,

seria deuses.

 

25

Por mais inteligente que a pessoa se ache

Mesmo que se ache o mais bonito

mesmo que seja o mais rico

o mais poderoso.

Quando se senta no vaso sanitário

é que se tem a noção verdadeira do que sé é:

merda nenhuma

 

26

Tem muita gente que se esquece

que para se achar

é preciso se perder.

 

28

Existem aqueles que nunca se acham

porque nunca se perderam

e existem aqueles que se perderam

mas SE ACHAM.  Deu pra entender?

 

29

Pobres e ricos, negros e brancos, homens e mulheres um dia ficam velhos.

Pelo menos nisso há justiça social.

30

A morte é o terrível sistema político de Deus

com a finalidade de mostrar que todos são iguais

mesmo os que pensam que não são.

 

31

Você pode não acreditar em Deus

-Esse é um direito seu –

Mas Deus não acredita

que você não acredita

 

32

Pra chamar pra fazer a revolução

pra ser letra de canção

pra ser companheira de solidão

pra conduzir a reflexão

para ser irmã da filosofia

da ciência, da sabedoria.

pra juntar ou espalhar os cacos da alma

pra o choro ou pra festa

para insuflar ou aparar as arestas

é para isso que a poesia presta

enquanto houver poesia

teremos sempre um estandarte da utopia

Assim vai sempre ser

é a poesia que não deixa

a utopia morrer.

Então vamos fazer o que nos resta

enquanto houver poesia, haverá festa

 

33

Escuta o que lhe digo

todo texto é uma estrada

Entre uma e outra linha

a humanidade caminha

só não se sabe pra onde

isso o texto pergunta

e não responde

34

cantai com harpas e saltério

salmos para o amor

o amor merece um hino

pois o amor não é humano

é divino

35

Mas também te prepara

pois o amor quando acaba

o mundo desaba

 

 

36

 

Eu vou fazer um filme

e já chamei o meu desespero

para ser o autor do roteiro

 

Eu vou fazer um filme

e a trilha sonora

será de minha alma

quando chora

37

A esperança aqui no sertão

as vezes também é uma retirante

se retira de fininho

e deixa a gente sozinho

Faz isso comigo não esperança

fica comigo mesmo que seja

para morrermos abraçados

ao nosso infortúnio

 

38

 

Fernando Pessoa nasceu em 1938

para comemorar vou tomar

chá de camomila com biscoito

e já que a história não se repete

vou pintar o sete

com as versos na internet

até que chegue aos olhos de Gildete

e ela mande cortar minha garganta

com  golpes de  canivete

 

39

 

Eu nunca vou ganhar o premio nobel de literatura

mas aceito trocar o  poema por uma rapadura

40

Os sete selos do apocalipse

os setes candelabros acesos

os meus trinta demônios presos

 

41

Não é toda hora que se consegue

rimar palavras de classes gramaticais diferentes

mas é preciso prosseguir na rota da linguagem

As vezes você acerta

outra vezes deserta

tá fazendo muito frio

me arranja ai uma coberta

e chame Júlia

que essa noite eu quero fazer uma tertúlia.

 

42

Quem ama enlouquece

quando procurar

a lucidez na casa da loucura

 

43

Disseram-lhe

depois da tempestade

sempre vem a bonança

Eu porém vos afirmo:

a bonança é apenas um intervalo

entre o ir vir das tempestades

44

 

Se você tem razões

eu tenho rasuras

 

45

 

Não sei o que é a verdade

falo como quem delira

ou a verdade é apenas

a outra parte da mentira?

 

46

Tudo é vaidade

vaidade das vaidades

correr atrás do vento

você não o alcança nunca

e o vento gargalha

da sua idiotice

 

47

Escrevo

e sou o mesmo

que sempre fui

sendo muitos

ao mesmo tempo

o tempo todo

 

48

 

Escrever é dar voltas

em torno do nada

para dizer tudo

 

49

Escrever é um ato infinito

sempre haverá uma forma nova

de dizer o que já foi dito

 

50

Sempre haverá quem

na noite profunda

tente passar

batom nos lábios das palavras sem lábios

  • Compartilhe:

Publicidade