A BAHIA CANSOU DO PT, DIZ JUTAHY MAGALHÃES JR.

18 de dez de 2017

As eleições de 2018 só terão qualquer indicativo real de como acontecerá após 24 de janeiro próximo, dia do julgamento do ex-presidente Lula em segunda instância, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, no Rio Grande do Sul. A avaliação é do deputado federal baiano Jutahy Magalhães Jr., pré-candidato ao Senado pelo PSDB. “O cenário de 2018 depende de duas coisas. Tem dois cenários. Um é com a elegibilidade de Lula. E o outro é com a inelegibilidade de Lula. Então, no dia 24 de janeiro nós saberemos se Lula é elegível ou não é elegível”. Nesta entrevista à Tribuna, o tucano nega ainda que haja mal-estar com o correligionário Antônio Imbassahy, que deixou a Secretaria de Governo de Michel Temer na semana passada em decorrência do racha interno do PSDB. Sobre a disputa pelo governo da Bahia, Jutahy diz que tem “99,999% de certeza” de que o prefeito ACM Neto (DEM) será candidato.

 

Tribuna da Bahia

  • Compartilhe:

Publicidade