PREFEITURA DE LUIS EDUARDO TRANSFORMA REALIDADE DE CRIANÇAS E JOVENS ATRAVÉS DA REDE DO BEM

05 de nov de 2018

 

Crianças, jovens e adultos estão recebendo atenção, carinho e cuidados especiais, através do programa Rede Do Bem, criado e mantido pela Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, desde 2017

Por meio da secretaria de Trabalho e Assistência Social, a Rede do Bem – Cuidando do Nosso Povo, em núcleos instalados em diversos bairros da cidade, realiza oficinas esportivas, socioeducativas, culturais e profissionalizantes, de forma totalmente gratuita. Dança, hip hop, futsal, futebol, capoeira, skate, xadrez, informática básica, artesanato, violão, percussão com materiais recicláveis, teatro e zumba, são algumas das oficinas que acontecem de segunda à sexta-feira, nos períodos matutino e vespertino, nas unidades da Rede do Bem. Atividades como informática básica, a capoeira e a zumba, também ocorrem no período noturno em algumas localidades.

Atendendo aos bairros Santa Cruz, Conquista e Florais Léa, as atividades da Rede do Bem acontecem no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEUs). Para os moradores dos Residenciais Sol do Cerrado, Solar dos Buritis e Vista Alegre, as oficinas ocorrem nos Centros de Capacitação localizados dentro dos residenciais. Já para os bairros Mimoso I, II e III, as oficinas acontecem na Academia da Saúde e nos campos de futebol do M3 e da Praça Gerson Hoffmann. Para os moradores dos bairros Jardim das Acácias, Vereda Tropical, Jardim Ypê e Tropical Ville, as oficinas acontecem no Ginásio de Esportes José Alberto Lauck e na Praça da Juventude. Em breve, o Governo Municipal inaugurará mais um núcleo do programa no bairro Jardim das Oliveiras.

“É muito gratificante ver os resultados positivos que a Rede do Bem vem proporcionando principalmente para nossas crianças e jovens. Me emociono cada vez que as mães dizem que o balé ou o futebol, por exemplo, transformou a vida e a realidade dos seus filhos”, comemora o prefeito Oziel Oliveira. “Muitas me relatam inclusive, que até as notas escolares dos seus filhos melhoraram desde que eles começaram a participar do programa”, continuou.

Além das oficinas, as unidades também contam com orientadores sociais que realizam trabalhos educativos e sociais com os participantes da Rede do Bem e seus familiares, visando à promoção e a integração das pessoas em situação de risco, excluídas ou em vulnerabilidade social.

Para participar das oficinas e atividades promovidas pelo programa Rede do Bem, basta se cadastrar gratuitamente em uma das unidades acima descritas, munido dos documentos pessoais. Para crianças e jovens com menos de 18 anos, os pais ou responsáveis precisam realizar a inscrição.

ASCOM | Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães

  • Compartilhe:

Publicidade