PERSEGUIDA POR UM EX-NAMORADO, MARIA QUITÉRIA, EX-PRESIDENTE DA UPB, PARTICIPOU DO 2 DE JULHO COM PROTEÇÃO POLICIAL

06 de jul de 2018

A ex-presidente da UPB – União das Prefeituras da Bahia, Maria Quitéria, enfrenta uma situação que atinge milhares de mulheres na Bahia. Quitéria vem sofrendo perseguição de um ex-namorado inconformado com o fim do relacionamento. O caso vem provocando repercussão e mostra mais um traço perverso da violência contra mulher na Bahia. Sobre o assunto – que é sério e merece ser apurado com o máximo rigor pela polícia – o experiente jornalista Levi Vasconcelos escreveu o seguinte texto que o Mural do Oeste reproduz abaixo:

Maria Quitéria, ex-prefeita de Cardeal da Silva, hoje presidente da Fundação Luís Eduardo Magalhães e candidata a deputada federal pelo Avante, desfilou  no 2 de Julho sob proteção policial.

Ela deu queixa numa Delegacia contra um ex-namorado, que não aceita o fim do relacionamento. O caso é sério, mas gerou piada: Maria Quitéria, heroína da independência, perseguida no 2 de Julho. Quem diria?

Aliás, Quitéria postou um vídeo na internet ao lado da estátua de Maria Quitéria, a original. Duas perseguidas, embora por motivos distintos.

  • Compartilhe:

Publicidade