VERSOS PARA SEREM MANDADOS NO ZAP

04 de jan de 2021

 

Roberto de Sena

 

Hoje em dia não tem que escape

Das mensagens no zap

 

Eu lhe peço

Mesmo que você me odeie

Não me bloquei.

Ok?

 

Sem casa, sem trabalho,

Sem arroz, sem feijão

Não existe liberdade de expressão

 

A poesia pode para nada servir

Mas é tão fundamental

Quanto o direito de ir e vir

 

A foto que você postou

ficou linda

Vai ser facebook

Assim no meu instagran

 

Acabei de ler a mensagem

Que você me mandou

Apesar do texto ser pequeno

É uma mistura de remédio e veneno

 

Seu olhar de wifi

Haqueou meu coração

 

Seu olhar no zap

Viraliza

Parece o sol

Parece a lua

Parece a brisa

 

Ontem a noite

Seus olhos

Me enviaram mais mensagens

Do que o whatssapp

 

 

 

Você sempre manda

Uma mensagem torta

Por linhas retas

Ou seria uma mensagem

Reta por linhas tortas?

 

Fique você sabendo

Que uma mensagem só

Não faz verão

Mas pode espalhar  tempestades

 

Aprenda uma coisa

assim como roupa suja

se leva em casa

certas mensagens

Se lava no privado

Nunca em grupos

 

Meu coração

Fez becape

Do zap

Que você me mandou

 

 

Nunca derrape

Num zap

Deu merda?

Escape.

 

Eu não perdi a cabeça

Apenas joguei o juízo fora

E não tô sentindo a menor falta

 

Tem mensagem cheia de tanta ternura

De tanto amor e carinho

Que você, mesmo sozinho,

Para e toma um vinho

 

Quando terminamos

Ela ficou furiosa

Mandou uma mensagem

Cheia de veneno de jaracuçu

Eu li e desmaiei

Tiveram que chamar o Samu

 

A amnésia não é apenas

A perda da memória

É o nome do lugar para

Onde fugimos

Quando o desespero é maior

Que a nossa capacidade de suportar

 

Seus olhos que sempre estiveram

On line com os meus

Agora estão off line

 

Que a poesia seja

Minha cabeça na bandeja

Se é isso que você deseja

  • Compartilhe:

Publicidade