PARA TENTAR CONTER CRISE, PREFEITO DE BARREIRAS CONVOCA REUNIÃO DE EMERGÊNCIA

24 de fev de 2018

Roberto de Sena

Mural do Oeste

O prefeito de Barreiras, Zito Barbosa, convocou aliados políticos para uma reunião de emergência na manhã deste sábado, 24. Segundo informações que chegaram ao Mural do Oeste, a reunião seria para ouvir as lideranças numa tentativa de conter os efeitos da crise  provocada pela repercussão negativa do novo Código Tributário. O assunto vem sacudindo a sociedade barreirense e tem potencial explosivo que pode provocar sequelas no futuro.

Os efeitos do presente já  são graves: Oito vereadores da base aliada do prefeito se rebelaram e assinaram um documento exigindo a revogação do Código e, foram além, ameaçaram rompimento. O clima ficou tenso na relação do Executivo com sua base na Câmara Municipal. Nesta sexta-feira, a sociedade barreirense acentuou a sua insatisfação e realizou uma carreata de protesto contra o novo Código, jogando mais lenha na fogueira.

Neste cenário convulsionado, o prefeito Zito Barbosa estaria agora precisando do reforço dos seus aliados, de lideranças políticas que até agora não tiveram espaço no governo, para realinhar a gestão. É preciso reconhecer que Zito começou a administração a todo vapor, principalmente no setor de infraestrutura, vinha recebendo aplausos da população e havia reunido boa musculatura política. A gordura foi sendo queimada com alguns enfrentamentos problemáticos para o gestor, tais como a briga com os servidores públicos, a polêmica com os feirantes e, agora, o mais grave de todos: a aprovação a toque de caixa do novo Código Tributário de Barreiras.

O gestor precisa agora ouvir com atenção os seus aliados, filtrar as informações e fazer a leitura correta dos fatos, na sua superfície e no que eles tem de subterrâneo. Este é um momento grave em que serão necessários cautela, humildade, espírito desarmado e o diálogo democrático para se buscar um entendimento. Endurecer no enfrentamento pode ser uma escolha mas só futuro dirá se foi certa ou errada. A hora é de aparar arestas para poder retomar o caminho e tocar o trabalho pra frente. Busca do entendimento, conversa olho no olho, são fundamentais agora e sempre.

  • Compartilhe:

Publicidade