UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DO CONQUISTA REALIZA AÇÃO CONTRA A HANSENÍASE EM LUÍS EDUARDO MAGALHÃES

01 de fev de 2019

A Secretaria de Saúde de Luís Eduardo Magalhães, por meio da Unidade Básica de Saúde (UBS) Conquista, realizou na manhã da quinta-feira (31), uma palestra sobre a prevenção, o diagnóstico e o tratamento da Hanseníase. A palestra ministrada pela técnica de enfermagem da Vigilância Sanitária, Ana Luiza dos Santos Lima, na sede da unidade, objetivou esclarecer as principais dúvidas dos pacientes sobre a doença.

Durante toda a semana, esses pacientes foram triados através de uma busca ativa realizada pelos agentes de saúde da UBS durante as visitas domiciliares. Além da palestra informativa, todos os moradores passaram por uma consulta clínica com o médico Itamar Rios e realizaram o teste de sensibilidade para o diagnóstico da doença.

De acordo com a Secretaria de Saúde, todos os pacientes atendidos que foram diagnosticados com a hanseníase, já saíram da Unidade de Saúde com o tratamento em mãos. “A hanseníase é uma doença curável, cujo diagnóstico e tratamento precoces evitam sequelas e a transmissão para outros indivíduos. Além disso, o tratamento é gratuito, simples, indolor e eficaz” explicou o secretário da pasta, Felipe Melhem.

Sobre a doença – A hanseníase, conhecida também como lepra, é uma doença infectocontagiosa causada por uma bactéria denominada Mycobacterium leprae. A hanseníase não é hereditária e sua evolução depende de características do sistema imunológico da pessoa que foi infectada. A doença costuma evoluir lentamente e pode levar até 20 anos para que sinais e sintomas da infecção sejam detectados. A doença atinge pele e nervos periféricos podendo levar a sérias incapacidades físicas.

  • Compartilhe:

Publicidade