TURQUIA QUER CASTRAÇÃO QUÍMICA PARA ESTUPRADORES DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

02 de jul de 2018

O governo da Turquia anunciou neste domingo (1º) que pretende implantar a castração química. A penalidade seria utilizada em pessoas condenadas por crimes sexuais graves contra crianças ou adolescentes. “Neste novo mandato, implantaremos de forma decisiva a medida da castração química. Daremos passos decididos”, disse o vice-primeiro-ministro da Turquia, Bekir Bozdag, a jornalistas na cidade de Yozgat, segundo a agência turca de notícias “Anadolu”. O anúncio foi realizado após um homem ter sido condenado por ter estuprado uma menina de oito anos, que foi encontrada morta ontem. A operação de busca durou oito dias e mobilizou o país. “É um crime atroz. Como governo, tomamos medidas sérias para prevenir este tipo de crime, e no novo mandato daremos passos para revisar as penas e aumentá-las”, disse. Atualmente, a pena no país para o crime de abuso sexual de crianças é de 15 anos de prisão, podendo chegar a prisão perpétua se a vítima morrer.

  • Compartilhe:

Publicidade