TITULAR DA CPI DA COVID, OTTO DIZ QUE RECEBEU AMEAÇAS DE MORTE DE EVANGÉLICOS E PROMETE ACIONAR JUDICIALMENTE

03 de maio de 2021

Titular da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, o senador Otto Alencar (PSD) declarou, em entrevista à rádio A Tarde FM na manhã desta segunda-feira (3), que tem recebido ameaças de morte até de evangélicos por causa de sua atuação na investigação.

“O que me chamou atenção é o caso de uma pastora de uma Igreja Batista Monte Sinai, de Minas Gerais, a pastora Andréia. É uma mensagem em que ela usa os maiores palavrões. Alguém que usa a palavra de Deus. Para a gente ver o nível de tensão que o bolsonarismo causou”, disse.

“Eu não vou para o bate-boca. Se o contexto da agressão tiver algo contra honra, vai para a Justiça. Não tenho receio. Sou desassombrado nesse negócio. Vou agir de acordo com a legislação”, acrescentou.

  • Compartilhe:

Publicidade