SECRETÁRIO DE SAÚDE DE BARREIRAS DIVULGA PLANO MUNICIPAL DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

31 de dez de 2020

Em coletiva de imprensa realizada pelo secretário municipal de Saúde, Anderson Viana, durante a manhã desta quarta-feira (30), foi apresentado aos veículos de comunicação o Plano Municipal de Imunização da Covid-19.

 

Buscando garantir a vacinação da população contra a doença, a Secretaria de Saúde propôs garantir, em uma primeira etapa, a vacinação dos grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde, que na nossa cidade hoje, é formado por um total de 29.821 pessoas. Sendo levado em conta que cada uma dessas pessoas receberá duas doses na primeira fase, o prefeito da cidade Zito Barbosa autorizou a aquisição de 60 mil doses.

“Barreiras é o primeiro município do Estado a manifestar interesse na adesão do consórcio que será utilizado para a compra dos imunizantes. Existem duas a três vacinas próximas de serem aprovadas e estamos aguardando a autorização da Anvisa para seguirmos o Plano de Imunização”, disse o secretário.
Adquiridas e recebidas as 60 mil doses, o plano prevê a criação de quatro grupos dividindo a ordem de recebimentos das doses. A vacinação começará pelos trabalhadores da saúde, idosos de 75 anos acima e indígenas. Logo em seguida, as pessoas de 60 a 74 anos e institucionalizados. Já na terceira fase, estão as pessoas que apresentam comorbidades. E, encerrando a imunização dos grupos prioritários, terão a acesso a imunização os professores de nível médio e superior; forças de segurança e salvamento; funcionários do sistema prisional e população carcerária.

Em acordo de cooperação técnica firmado entre a Prefeitura de Barreiras e a Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), o município utilizará um ultrafreezer para o armazenamento dos imunizantes. O equipamento garante uma temperatura de menos 70 graus. O Plano de Imunização prevê que as doses sejam ofertadas em 26 unidades de saúde de Barreiras, em dois pontos de drive-thru, vacinação em domicílio para pessoas incapacitadas sem condições de locomoção a algum dos pontos de vacinação, além de levar as doses às populações da zona rural. Com média superior a 7 mil pessoas vacinadas por dia somando todos os pontos de vacinação, drive-thru e vacinas a domicilio, a Secretaria de Saúde prevê que a primeira etapa seja completada de 5 a 7 dias.

“Já foram adquiridas 60 mil seringas que serão utilizadas no processo, além disso, já autorizamos a aquisição de mais 20 mil testes, que somados aos 25 mil que já foram adquiridos e aos realizados pelos laboratórios credenciados, laboratório da Ufob e o Lacem, de Salvador, chegaremos a mais de 55 mil testes. Significando assim que 1/3 da população de Barreiras terá sido testada”, finalizou o secretário de saúde.

Por Max Gian
Da redação do Se Liga Barreiras, com fotos e informações da Dircom

  • Compartilhe:

Publicidade