SECRETARIA DE SAÚDE CONFIRMA O SEGUNDO CASO DE CORONAVÍRUS NA BAHIA

09 de mar de 2020

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou, na tarde deste sábado (7), que está confirmado o segundo caso de novo coronavírus no estado da Bahia.

A Sesab disse que a paciente é uma mulher de 42 anos, trabalhadora doméstica, moradora de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 Km de Salvador, que teve contato domiciliar com a primeira paciente do estado, quando ainda estava sintomática.

O 1° caso de novo coronavírus na Bahia foi confirmado na manhã de sexta-feira (6). A paciente é uma mulher de 34 anos, também moradora de Feira de Santana, que retornou da Itália em 25 de fevereiro. No país europeu, ela teve passagens pelas cidades de Milão e Roma.

Ainda de acordo com a secretaria, a mulher manifestou os sintomas depois de ter chegado ao Brasil. O primeiro atendimento e as amostras foram coletadas em um hospital particular da capital baiana, e enviadas para Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, onde o diagnóstico foi concluído nesta sexta.

A paciente está em casa, na cidade de Feira de Santana, em isolamento. Como deixou de apresentar os sintomas, o quadro dela é considerado assintomático. O monitoramento é realizado pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA) em conjunto com a vigilância municipal de Feira de Santana.

Segundo Fábio Vilas-Boas, Secretário da Saúde da Bahiaa paciente apresenta evolução excepcional no quadro de saúde. 

“Todas as medidas foram adotadas pela vigilância epidemiológica de saúde do estado da Bahia, do município de Feira de Saúde, para que a paciente permaneça em isolamento e possa recuperar-se. Sua evolução tem sido excepcional e, daqui para frente, nós continuaremos monitorando todos os contactantes que tiveram acesso a essa paciente durante seu período de trânsito do estado da Bahia”, disse o secretário em um vídeo divulgado para a imprensa.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde de Feira de Santana ressaltou que as mulheres infectadas com o coronavírus na cidade não correm risco. Entretanto, solicitou que quem teve contato próximo (a menos de dois metros) e com duração maior que 15 minutos, com as duas pessoas, que se apresente à secretaria ou entre em contato com a pasta, caso apresentem sintomas de febre, dor de garganta, tosse ou desconforto respiratório.

Recomenda-se a estes que mantenham–se em isolamento domiciliar, aguardando as orientações das autoridades de saúde. A Vigilância Epidemiológica do município está em regime de plantão, para atender a qualquer momento.

Este é o 20° caso de coronavírus confirmado do Brasil – os outros são: 13 casos em São Paulo; dois na Bahia; um no Rio de Janeiro, um no Distrito Federal e um no Espírito Santo.

Casos suspeitos na Bahia

A Bahia registrou 93 casos suspeitos de Covid-19 (coronavírus), de janeiro até as 18h de sexta-feira (6). A informação foi divulgada através de uma nota conjunta da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e Secretaria Municipal de Saúde de Salvador. Casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos após confirmação do Ministério da Saúde, o que ainda não ocorreu.

Sobre os 93 casos suspeitos, 25 casos foram excluídos por não se enquadrarem no protocolo do Ministério da Saúde, 33 foram descartados laboratorialmente e 38 aguardam análise laboratorial. Os municípios notificantes foram Camaçari, Candeias, Feira de Santana, Ilhéus, Itabuna, Jacaraci, Jequié, Lauro de Freitas, Lençóis, Porto Seguro, Salvador, Santa Cruz Cabrália, Teixeira de Freitas, Tucano e Vitória da Conquista.

De acordo com a Sesab, os números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA) em conjunto com os Cievs municipais.

Os casos graves devem ser encaminhados a um Hospital de Referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar.

  • Compartilhe:

Publicidade