SÃO DESIDÉRIO: SECRETARIA DE SAÚDE REALIZA MUTIRÃO PARA ATENDIMENTOS ODONTOLÓGICOS E PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA

30 de out de 2018

Para comemorar o Dia Nacional de Saúde Bucal e encerrar a campanha de prevenção ao câncer de mama – Outubro Rosa, a prefeitura por meio da Secretaria de Saúde realizou na manhã do último sábado, 26, um mutirão de atendimentos odontológicos e palestras sobre o câncer de mama. Dezenas de pessoas compareceram ao evento e foram contempladas com os serviços de restauração, limpeza, extração e dentre outros, além do autoexame para prevenção do câncer de mama.

 

 

“Esse dia é muito importante, pois, passamos todas as informações necessárias para prevenção bucal e tratamento. Tivemos também uma palestra e atendimento sobre o câncer de mama, uma vez que no Brasil, corresponde por cerca de 25% dos novos casos registrados anualmente da doença”, relatou a coordenadora da atenção básica, Tatiane Rodrigues.

 

 

Para dona Maria Conceição, foi um dia de muitas informações. “Gostei muito desse momento, muita coisa a gente tem que buscar saber para evitar uma doença. Eu, ouvir coisas interessantes que nunca passava pela minha cabeça”, disse.

 

Importância da prevenção odontológica – A prevenção odontológica é muito importante para prevenir que novos problemas surjam e também ajuda aumentando a vida útil dos tratamentos bucais, que ao serem polidos e restaurados, demorarão para serem substituídos ou terem a necessidade de serem refeitos os tratamentos. Além da importância da manutenção, da limpeza, da aplicação de flúor e do tratamento de problemas que surgem no início, a prevenção consegue minimizar os danos, fazendo com que o paciente se recupere mais rápido dos tratamentos necessários. Com prevenção também se previne o câncer bucal e, como outro qualquer outro, deve ser verificado periodicamente.

 

 

Prevenção Câncer de Mama – O autoexame é uma maneira importante de a mulher conhecer o próprio corpo e perceber possíveis alterações, mas, muitas vezes, o tumor não consegue ser percebido apenas através do toque. Especialmente na fase inicial – quando o nódulo tem tamanho muito reduzido e, consequentemente, a chance de cura é maior.

MURAL DO OESTE / Com texto: Diego Souza / Fotos: Lucas Ribeiro

  • Compartilhe:

Publicidade