RUI DEFENDE PRORROGAÇÃO DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

14 de ago de 2020

O governador Rui Costa (PT) defendeu na última quinta-feira (13) a prorrogação por mais um mês do auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal.

“Nós lutamos a vida inteira para elevar a qualidade de vida das pessoas e apoiaremos mudanças que possam melhorar o Bolsa Família criado pelo presidente Lula e que se transformou no maior programa de transferência de renda do mundo, adotado até mesmo em outros países para alavancar suas economias”, disse, em entrevista à CNN Brasil.

O petista ainda atribuiu ao Congresso o esforço para que o auxílio chegasse ao valor de R$ 600. “O Executivo Federal queria R$ 200,00”, criticou.

A proposta inicial era que o auxílio, inicialmente apelidado de coronavoucher, durasse três messes, com mais dois meses prorrogáveis. Contudo, de acordo com o jornal Correio Braziliense, os bastidores políticos apontam que o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pode estender o benefício até o final do ano, uma vez que a pandemia não dá sinais que vai cessar. Neste caso, no entanto, o valor do programa deve diminuir.

 

Via: Bahia Notícias

  • Compartilhe:

Publicidade