RUI COSTA DIZ QUE DECLARAÇÃO DE FILHO DE BOLSONARO CAUSA PÂNICO E AFASTA INVESTIDORES INTERNACIONAIS

22 de out de 2018

 

O governador Rui Costa (PT), reeleito com 75,5% das intenções de votos, em entrevista para rádios de Feira de Santana e região na manhã dessa segunda-feira (22), comentou a polêmica declaração em vídeo vazado nas redes sociais do filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), o deputado federal, Eduardo Bolsonaro de que para fechar o Supremo Tribunal Federal (STF) basta “um cabo e um soldado”. 

Para Rui, o vídeo circulou o mundo inteiro e, consequentemente, causa espanto, pânico e afasta investidores internacionais.

“Cria pânico, afasta aqueles que têm intenção de investir no país e pode nos isolar ainda mais. E isso, sem dúvida, é muito ruim para a nossa economia, levando em conta que o impeachment da presidenta Dilma Rousseff causou congelamento dos investimentos internacionais no Brasil nos últimos três anos e estamos travando uma luta para que voltemos a ter a credibilidade internacional”, criticou.

Em suas redes sociais no domingo (21), o petista chegou a classificar a postura do filho do candidato do PSL como de gente desqualificada. “Imagine… que gente desqualificada….”, postou em sua conta no twitter.

Em vídeo gravado em julho, disponível na internet, mas que veio à tona a uma semana do segundo turno, Eduardo responde a pergunta sobre uma hipotética possibilidade de ação do Exército em caso de o STF impedir que Bolsonaro assuma a Presidência.

“Cara, se quiser fechar o STF, sabe o que você faz? Você não manda nem um jipe. Manda um soldado e um cabo. Não é querer desmerecer o soldado e o cabo, não”, disse Eduardo Bolsonaro.

Bocão News

 

 

  • Compartilhe:

Publicidade