RONALDINHO DEIXA PRISÃO NO PARAGUAI APÓS PAGAR R$ 8 MILHÕES E VAI PARA HOTEL

07 de abr de 2020

Ronaldinho Gaúcho e Assis deixaram a cadeia na noite de hoje (07), no Paraguai. Liberados depois de pagarem R$ 8,3 milhões como fiança, o craque e o irmão saíram do cárcere e vão agora permanecer em um hotel. Com a decisão desta terça-feira, a dupla se encontra em prisão domiciliar.

Tanto Ronaldinho quanto Assis não podem deixar o Paraguai. Ambos são acusados de entrarem no país com documentos paraguaios de conteúdo falso. Desta forma, o melhor jogador do mundo em 2004 e 2005 segue no país vizinho enquanto as investigações prosseguem e a Justiça paraguaia decide sobre o caso.

A transferência do cárcere privado para o domiciliar ocorreu no fim da tarde de hoje, após pedido dos advogados dos irmãos Assis. O Ministério Público e a Justiça paraguaia aceitaram o pagamento da fiança e liberou Ronaldinho da prisão. Os ex-jogadores participaram da audiência por chat online, via celular.

Uol

  • Compartilhe:

Publicidade