PRESIDENTE CARMÉLIA DA MATA PRESTIGIA ABERTURA DA SEMANA DE SENSIBILIZAÇÃO PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA À MULHER

09 de ago de 2019

A Lei Maria da Penha registrou 13 anos nesta quarta-feira,07 de agosto,, desde que foi sancionada em 2006. Em celebração, a Policia Militar da Bahia através da Ronda Maria da Penha, Rede de Apoio ás Mulheres e instituições ligadas a proteção, cuidado e acompanhamento das vitimas, realizaram nesta manhã de quinta-feira, 08, o lançamento da Semana de Sensibilização pelo Fim da Violência Contra à Mulher.
A presidente do Sindsemb, Carmélia da Mata, compareceu na abertura a convite da Rede de Apoio à Mulher, que aconteceu no Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho, com a presença de mulheres, policiais militares, lideres sociais e sindicais, estudantes, salientando que, “A lei Maria da Penha é um grande marco no enfrentamento da violência contra mulher. Ela não veio para punir homem, e sim proteger mulher. O Brasil é o quinto país do mundo que mata mulheres, é uma lei eficiente, e precisamos estar juntas nessa luta, chega de fecharmos os olhos ou achar que nossa sociedade é machista e acabou, isso é inadmissível. Temos sim, que acabar com a violência social, psicológica, física e todo tipo de dependência do agressor”, salientou Carmélia.
Carmélia ainda informou que Barreiras tem um rede de atendimento, e os órgãos públicos que atendem às mulheres vítimas de violência doméstica, familiar e sexual são a Delegacia Comum, Delegacia da Mulher (DEAM), Ministério Público, a Defensoria Pública, CRAM, Ronda Maria da Penha e Varas de Violência Doméstica e Varas Criminais.
  • Compartilhe:

Publicidade