PREFEITURA DE BARREIRAS INICIA ESTUDO DE MODERNIZAÇÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA

08 de dez de 2020

 

Durante a realização do estudo de campo, algumas ruas passarão por rápidas interdições no tráfego

Após assinatura do convênio com a Caixa Econômica Federal no ordem de R$ 2,477 milhões para elaboração do estudo de modernização do sistema de iluminação pública do município, na tarde de segunda-feira (07), o prefeito Zito Barbosa recebeu em seu gabinete a equipe responsável pela realização da primeira fase do projeto, cujo objetivo é fazer o levantamento de infraestrutura da iluminação pública.

O planejamento de campo segue até domingo (13) e será realizado em 158 áreas de iluminação pública viária, nas ruas e avenidas, 13 áreas de iluminação especial e em 10 pontos de iluminação de destaque. Em cidades que já utilizam o sistema de iluminação com LED, a economia dos gastos com energia pública ficou entre 50% e 70%. De acordo com Zito Barbosa, todo município será contemplado, incluindo praças, parques, igrejas, ciclovias, ruas e avenidas.

“Através da Parceria Público Privada, iniciamos hoje pela comunidade Cerradão esse estudo e levantamento que acontecerá em vários lugares do nosso município, após esse desenvolvimento dos estudos técnicos teremos o direcionamento adequado que irá promover a modernização de todo sistema de energia elétrica de Barreiras”, pontuou o prefeito de Barreiras que também ressaltou o alinhamento da modernização do sistema de iluminação pública com as ações do Plano de Mobilidade Urbana.

Barreiras está no conjunto dos primeiros municípios da Bahia a participar do convênio em 2020, além de Feira de Santana e Camaçari que também já iniciaram os estudos para inovação do sistema de iluminação pública. A reunião contou ainda com a presença do secretário de infraestrutura, João Sá Teles, secretário de segurança cidadã e trânsito, Júnior Sampaio, assessor técnico Vitor Barreto e o consultor da HOUER Consórcio Modelagem, Giordano Carvalho.

Após relatório final da primeira fase de estudo, será realizado consulta e audiência pública. Durante a realização do estudo de campo, algumas ruas ficarão rapidamente interditadas, dessa forma os condutores devem redobrar a atenção nos pontos sinalizados.

  • Compartilhe:

Publicidade