PREFEITO DE SALVADOR REVELA QUE GOVERNO DO ESTADO IRÁ SUSPENDER TRANSPORTE INTERMUNICIPAL NA SEMANA SANTA

22 de mar de 2021

Bruno Reis avalia antecipação de feriados e antecipa que governo vai suspender transporte intermunicipal na Semana Santa — Foto: Reprodução / TV Bahia

O prefeito Bruno Reis afirmou na manhã desta segunda-feira (22), em entrevista ao Jornal da Manhã, que avalia antecipar pelo menos quatro feriados para aumentar o isolamento social em Salvador e antecipou que governador revelou que vai suspender o transporte intermunicipal na Semana Santa.

“Nós estamos avaliando os números no decorrer dessa semana, combinamos na última semana, prefeitos da Região Metropolitana e o governo do Estado, de realizarmos uma outra reunião, para inclusive, se possível for, antecipar os feriados para a semana que vem, com a possibilidade de buscar um isolamento maior”, disse o prefeito.

Bruno Reis contou que é possível que os feriados de Corpus Christi (3 de junho), São João (24 de junho), Independência da Bahia (2 de julho) e Dia de Nossa Senhora da Conceição da Praia (8 de dezembro) sejam antecipados e inseridos junto com o da Semana Santa (2 de abril).

“É possível, tem Corpos Cristi, que é 3 de junho, tem ainda a possibilidade de avaliar 24 de junho, que é o feriado do São João, nós temos 2 de julho, Independência da Bahia e 8 de dezembro, que é um feriado nosso, aqui de Salvador, então estamos avaliando a possibilidade”, contou.

Segundo o prefeito, a antecipação dos feriados é analisada de acordo com o número de infectados pela Covid-19 na capital baiana. Bruno Reis e prefeitos dos municípios da Região Metropolitana (RMS) sobre a possibilidade.

“Se os números dessa semana exigirem uma ação como essas, no caso, aqui em Salvador, nós estamos dispostos a fazer, estamos conversando com os demais prefeitos do nosso entorno, para que semana que vem possa haver antecipações dos feriados e a gente possa fazer uma contenção maior da propagação do vírus e ter uma perspectiva da retomada das atividades comerciais o mais rápido possível”, disse Bruno.

Na reunião feita na última sexta-feira (19), que definiu a prorrogação das medidas restritivas até 29 de março em Salvador e região e antecipou o toque de recolher para 18h, os prefeitos foram comunicados pelo governador Rui Costa, que ele vai suspender o transporte intermunicipal no próximo feriado.

“Sempre exige uma preocupação com o feriados, o governo do Estado já anunciou que vai suspender todo o transporte intermunicipal para evitar que as pessoas se aglomerem no período. Já está decidido, na sexta-feira, o governador comunicou aos prefeitos que tomaria essa decisão”, revelou.

“A suspensão do intermunicipal é para evitar que as pessoas se desloquem para o interior na Semana Santa e para evitar que as pessoas se desloquem para a capital e com isso levem o vírus”.

Plano de retomada do comércio

Durante a entrevista, Bruno Reis também afirmou que o plano de retomada do comércio em Salvador estar pronto e foi apresentado aos prefeitos da RMS para que haja um consenso entre as cidades mais próximas.

“O plano de retomada já estar pronto, inclusive na sexta-feira eu apresentei aos prefeitos da Região Metropolitana, para procurar fazer esse conjunto com toda região, para não acontecer o que ocorreu em outros estados. Conflitos no Rio de Janeiro e Belo Horizonte”, disse.

O prefeito disse que existe a tendência de que os estabelecimentos retornem com escalonamento de horários e dias.

“Nós vamos ter um plano geral, cada um vai adequar a sua realidade e esse plano prevê o que? uma retomada das atividades com horários escalonados de início e término das atividades, em dias alternados também. Tem atividades que não justificam funcionar os sete dias da semana, vão funcionar cinco”, afirmou.

“Tem atividades que funcionam do meio para o fim da semana, tem atividades que tem um impacto na economia maior no início da semana. Com base nesses critérios que nós vamos retomar as atividades”.

O plano de retomada deve ser apresentada ao setor produtivo nesta semana. Entretanto, não há previsão de quando as atividades retornem.

“Na segunda-feira eu dialoguei com parte do setor produtivo da cidade e a expectativa é de apresentar esse plano para eles durante essa semana, para que eles possam validar e a gente possa se preparar para quando possível, a gente retomar as atividades comerciais na nossa cidade”.

Academias

O presidente do Conselho dos Educadores Físicos, Rogério Moura, revelou, também no Jornal da Manhã, que entrou com uma ação na Justiça, para que as academias voltassem a funcionar em Salvador. Ele considera que é um serviço essencial, já que gera mais saúde às pessoas.

Bruno Reis comentou que concorda com o presidente, mas ressaltou que, neste momento, é preciso diminuir o número de aglomeração de pessoas. Ele afirmou que as pessoas se exercitar de forma individual, com o uso de máscaras, em locais abertos.

“Nós quando suspendemos as atividades comerciais em geral, o objetivo era alcançar a meta do distanciamento social. Nós sabemos da importância da atividade física para aumentar a imunidade, para que se a pessoa seja cometida pela Covid-19, ela tenha uma resistência maior. A gente compreende isso, agora as atividades de forma coletiva e em ambientes fechados foram suspensas”, disse o prefeito.

“Nós permitimos atividades físicas e individuais, inclusive botamos barreiras de proteção na orla, para exigir que as máscaras fosse utilizadas, fiscalizando distanciamento entre as pessoas”, concluiu.

Via: G1/BA

  • Compartilhe:

Publicidade