POSICIONAMENTO DO MINISTÉRIO PÚBLICO NÃO DEIXA DÚVIDA DE QUE OZIEL OLIVEIRA TOMOU A MEDIDA CORRETA

09 de jul de 2020

 

 

A gestão do prefeito Oziel Oliveira, no Município de Luis Eduardo Magalhães, vem passando por um momento de grande reconhecimento por parte da população e realizando obras de grande impacto, fruto do planejamento estratégico da administração, como é o caso da construção de 12 modernas escolas nos diversos bairros e até mesmo na zona rural de LEM, assunto sobre o qual esse portal já se referiu anteriormente.

Uma vitória significativa no plano prático e até mesmo simbólico, foi o Ministério Público ter considerado legal o Decreto de calamidade pública promulgado pelo prefeito, com a finalidade de agilizar a aquisição de material e equipamento voltados para o combate ao coronavírus.

Hoje, ao percebermos que a doença avançou em todo o interior do Brasil e  que Luís Eduardo Magalhães foi atingida duramente, como quase todas as cidades da região e, ainda mais, por receber milhares de pessoas de todas partes do Brasil e do mundo por conta da sua importância econômica, sua posição de destaque como Capital do Agronegócio, sendo cortada por uma rodovia federal que liga a região ao Centro Sul do País, ficou comprovado que Oziel estava certo ao tomar a medida.

Foi a sua visão de gestor que antecipou os fatos e agora sabe-se que se a medida não tivesse sido tomada, da forma que foi, a situação poderia ser muito pior, uma vez que a Pandemia vai se estendendo além do que se esperava e não dá sinais de que o pico vai baixar em praticamente nenhum lugar do Brasil.

Essa é a importância da visão social do gestor em um momento de crise: saber tomar a decisão mais certa e mais adequada para tentar minorar a dor dos que sofrem. O posicionamento do Ministério Público não deixa dúvidas de que Oziel agiu de forma  correta ao decretar o Estado de Calamidade Pública. Essa é a lição que fica.

MURAL DO OESTE

 

 

  • Compartilhe:

Publicidade