POLÍCIA INVESTIGA ESTUPRO CONTRA MENINO DE TREZE ANOS EM RIACHÃO DAS NEVES

15 de out de 2019

Um garoto de 13 anos estava sendo estuprado e possivelmente sofria bullying praticado por um grupo de jovens, em São José do Rio Grande, município de Riachão das Neves/BA.
O caso foi registrado no complexo policial do bairro Aratu, na cidade de Barreiras, pelo pai do menor, que vem sendo orientado e auxiliado por membros do Conselho Tutelar. Um dos conselheiros afirma que o adolescente indefeso, foi filmado por um bando de agressores, sendo violentado sexualmente, e ao mesmo tempo foi alvo de zombaria e ridicularizarão de sua imagem, porque os criminosos o induziram a fazer sexo oral em um deles, em seguida, em outra gravação, perguntam nomes daqueles que já o abusaram sexualmente, além de detalhes dos atos sexuais, em tom de algazarra e humilhação.
De acordo com relato feito na delegacia, durante as sessões de orgia, o adolescente era presenteado com pequenas quantias em dinheiro (R$ 1,00 e 5,00) e foi induzido a fazer uso de álcool e drogas proibidas. Pelo menos seis pessoas estão sendo acusadas dos estupros, uma delas teria o violentando por cinco vezes.
Um dos conselheiros também esclarece que, a vítima já está recebendo assistência médica e psicológica, por causa dos sérios danos físicos e mentais que os abusos podem lhe provocar.
A polícia suspeita que ele tenha sido intimidado e ameaçado de agressão para praticar os atos sexuais, tendo em vista que, os suspeitos demonstram coagi-lo com palavras durante as filmagens, além do mais, possuem superioridade de idade e são acusados de envolvimento com atos de violência e consumo de drogas na localidade. Os apontados ainda deverão responder criminalmente pela exposição das imagens pornográficas de vídeo que fizeram com o menor. A polícia também pode punir pessoas que estão compartilhando os vídeos nas redes sociais.
O caso está sendo investigado pela Coordenadoria Regional de Polícia em Barreiras, porque o município de Riachão das Neves, no momento está sem delegado.

Fonte: Alô Alô Salomão

  • Compartilhe:

Publicidade