POEMA DE AYRTON PINTO EM HOMENAGEM A MEMÓRIA DE ATALIBA CAMPOS

11 de fev de 2021

*Ataliba, o Socialista Virtuoso*

Ayrton Pinto

 

Viva Ataliba
Socialista convicto
pouco afeito a palavras chucras
Ensaboadas de lisonjas.

Taciturno e visceral observador da vida social putrefata, venal e hipócrita, na crise do capitalismo.

Atalibava como um out side de Ferreira Gullar e Jorge Amado, nas narrativas de tintas embaraçosas.

Homem de sentimento profundo, indignação e leveza artística, indecifrável na fuga da vida, no findo misterioso das mandalas.

Filho sofrido e resiliente das masmorras da sociedade, na indignação pura das desigualdades convenientes, reticentes.

Traduziu nas artes – letras, músicas e tintas em telas – o sentimento de paz e o mistério das diferenças sociais -, que nas minudências articulam a teia complexa sustentável da vida.

Ataliba é o raio luminoso, que solitário e incólume rasga a noite das ilusões e boemias latentes dos amantes das mandalas.

Em milhões de corações e mentes, cientistas encontrarão no rastro da história sua trajetória, como cometa.
Então teorizarão sobre os segredos engajados da sua teoria social intelectual, nos emeranhados da revolução social premente das mandalas.

Dizer de pincéis e tintas, telas e a paciência de suas construções impactantes não lhe faz justiça.

Fostes um teórico da sociedade em fuga, dessas que fazem chorar no âmago das vicissitudes da sobrevivência, porque carcomida de mazelas.

Viva Ataliba Campos, o socialista.
🍀🌻☘⚘
Airton Pinto
24012021

  • Compartilhe:

Publicidade