OPERAÇÃO FAROESTE: MESMO APÓS AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA DESEMBARGADORA BAIANA SEGUIRÁ PRESA

17 de abr de 2021

 

Mesmo após a audiência de custódia realizada na última sexta-feira (16), a desembargadora Ilona Reis presa em dezembro de 2020 durante a Operação Faroeste que apura a venda de sentenças para legalização de terras na região Oeste da Bahia, seguirá presa.

A audiência foi determinada pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), após um habeas corpus.

Essa é mais uma derrota de Ilona, pois em janeiro o Ministério Público Federal (MPF) acionou o Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra um pedido de aposentadoria da magistrada, que é uma das quatro desembargadoras baianas presas na Operação.

 

Via: Política Livre

  • Compartilhe:

Publicidade