OPERAÇÃO FAROESTE DEVE ATINGIR PELO MENOS 20% DOS DESEMBARGADORES BAIANOS, SEGUNDO MEMBROS DO MPF

15 de dez de 2020

Os procuradores do Ministério Público Federal que se debruçam sobre os dados coletados pela Faroeste calculam que a Operação, a primeira, mais longa e ampla contra a corrupção no Judiciário baiano, pode atingir até 20% dos desembargadores estaduais.

Sob a coordenação de Lindora Araújo, eles trabalham com cuidado, sob o argumento de que a instituição Judiciário não pode ser eliminada, mas reconhecem que a teia de corrupção que tomou conta do Poder na Bahia é das mais robustas de que se tem notícia no país.

Chegam a lembrar de frase conhecida nacionalmente e atribuída ao ex-senador ACM, segundo quem no Brasil existiriam três Justiças: a boa, a má e a da Bahia.

 

Via: Política Livre

  • Compartilhe:

Publicidade