‘O GOVERNO É UMA USINA DE CRISES’, DIZ PRESIDENTE DA CÂMARA, RODRIGO MAIA

15 de jun de 2019

Presidente da Câmara, o deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse nesta sexta-feira (14) que “o governo é uma usina de crises”. A declaração foi uma resposta às críticas do ministro da economia, Paulo Guedes, que desaprovou o relatório da reforma da Previdência, apresentado na quinta (13) em comissão especial.

“Vamos aprovar a reforma da Previdência. Nós blindamos a reforma das crises que são geradas todos os dias pelo governo. Cada dia um ministério gerando uma crise. Hoje infelizmente foi meu amigo Paulo Guedes, numa crise desnecessária, num momento em que o Parlamento assumiu a responsabilidade pela reforma”, disse Maia.

Segundo ele, a Câmara quer garantir uma economia fiscal de R$ 900 bilhões em 10 anos. Se o parecer for aprovado como sugerido na quinta, será possível garantir uma economia aos cofres públicos de até R$ 913,4 bilhões na próxima década. A estimativa inicial, com o projeto do governo, era de R$ 1,2 trilhão.

 

Com informações do Correio Braziliense.

  • Compartilhe:

Publicidade