O DIA QUE O EXU TOMADOR DE CANDIDATURA TOMOU A CANDIDATURA DE ACM NETO

24 de abr de 2018

Ainda repercute em toda Bahia o ataque do Exu Tomador de Candidatura ao então candidato a governador ACM Neto. Uma testemunha contou que Neto estava bem tranquilo, deitado em uma rede, se balançando, tomando água de coco e sentindo a brisa do mar da Bahia. Quando, de repente, ele viu um jegue sair de dentro do mar. “Oxente, será que eu tô ficando doido! Nunca vi dizer que tem jegue no mar. É a primeira vez que eu vejo um negócio desses.  Será que são os efeitos do desmatamento que tão obrigando os bichos a mudar do sertão para o mar?” pensava o prefeito de Salvador. O certo é que o jegue se aproximou, virou um tatu-peba de quatro metros de altura, pulou na garganta do prefeito e tomou a candidatura. Neto gritou alto”Me acode meu Senhor do Bonfim, vale-me minha nossa Senhora Conceição da Praia, me protegei Irmã Dulce.”

Num teve jeito. O Exu Tomador de Candidatura virou um caranguejo de 50 cabeças. abocanhou a candidatura de ACM Neto, mergulhou no mar, saiu na ilha de Itaparica, pegou a estrada de Nazaré das Farinhas e foi parar em Feira de Santana onde entregou a candidatura a Zé Ronaldo. Os aliados de Neto abriram a boca numa choradeira geral, principalmente o vice-prefeito Bruno Reis que já tava com a festa da posse toda pronta. “Exu Tomador de Candidatura miseravão, tomou a candidatura de Neto e, por tabela, me tomou a prefeitura. Nunca mais eu tenho outra chance dessa. Vou amarrar o nome desse Exu na boca do sapo” espraguejou Bruno Reis. Os demais aliados de Neto, sem outra alternativa, foram para o Campo Grande, chorar no pé do Caboclo.

  • Compartilhe:

Publicidade