”NÃO É CRISTÃO, É UM MONSTRO SEM SENTIMENTOS”, DISPARA JAQUES WAGNER SOBRE BOLSONARO

30 de jul de 2019

O senador Jaques Wagner (PT) fez uma dura crítica contra Jair Bolsonaro (PSL) após o presidente fazer insinuações sobre o desaparecimento do pai do presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Felipe Santa Cruz, durante a ditadura militar (1964-1985).

“Brinca com o sentimento de um filho que não sabe o paradeiro do pai desaparecido! Maltrata a memória de uma mãe que morreu aos 105 anos sem saber o paradeiro do filho desaparecido! Este alguém não é um cristão. É um monstro sem sentimentos”, escreveu Wagner, no Twitter, na tarde desta segunda-feira (29).

Ao reclamar da atuação da OAB na investigação do caso de Adélio Bispo, autor do atentado à faca do qual foi alvo, Bolsonaro disse que poderia explicar ao presidente da entidade como o pai dele desapareceu durante a ditadura.

“Por que a OAB impediu que a Polícia Federal entrasse no telefone de um dos caríssimos advogados? Qual a intenção da OAB? Quem é essa OAB? Um dia, se o presidente da OAB quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, conto pra ele. Ele não vai querer ouvir a verdade. Conto pra ele.”

 

Por: Henrique Brinco

  • Compartilhe:

Publicidade