MEMÓRIA DO MURAL: TRIO CORTESIA, DO SAUDOSO AGUINALDO PEREIRA, FAZIA ALEGRIA DO POVO DE BARREIRAS NOS ANOS 70

21 de fev de 2020

Na década de 70, na gestão do então prefeito Baltazarino Andrade, quem fazia alegria do povo nas ruas de Barreiras, era o Trio Cortesia, sob o comando de Aguinaldo Pereira, pai do ex-vereador Aguinaldo Júnior. Era um trio só, rodando pelo centro da cidade e o povo atrás, dançando ao som de músicas como ATRÁS DO TRIO ELÉTRICO SÓ NÃO VAI QUEM JÁ MORREU, ou CHUVA, SUOR E CERVEJA, ou a FILHA DA CHIQUITA BACANA,  frevos imortais do genial Caetano Veloso – que retornava do exílio e fazia tremendo sucesso no Brasil inteiro. Na frente do Trio Cortesia, o abre alas era o saudoso e folclórico Nicanor do Boa. A foto acima (que não sabemos quem fez, se alguém souber nos avise), mostra a poesia de uma cidade ainda tranquila, pacata e que nem de longe imaginava que um dia chegaria a ser uma das mais importantes do interior do Brasil como é hoje.

  • Compartilhe:

Publicidade