LULA DIZ QUE INTERVENÇÃO MILITAR NO RJ É FORMA DE TEMER ‘PEGAR O NICHO DE ELEITORES DE BOLSONARO’

21 de fev de 2018

 

A intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro é uma “pirotecnia” criada pelo governo do presidente Michel Temer para tentar reelegê-lo, acusou nesta quarta-feira, 21, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em entrevista à rádio Itatiaia, de Belo Horizonte, o líder petista afirmou ainda que não descarta alianças com o MDB nos Estados, uma vez que o partido seria uma “federação de grupos regionais” que não teria sido inteiramente favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. “Acho que o Temer está encontrando um jeito de ser candidato à Presidência da República. E acho que ele achou que a segurança pública pode ser uma coisa muito importante para ele pegar um nicho de eleitores do Bolsonaro”, afirmou Lula, que está na capital mineira para um evento de comemoração dos 38 anos de fundação do Partido dos Trabalhadores. “O Temer sabe que o que tirou a reforma (da Previdência) da pauta não foi ele nem a intervenção, mas pesquisas mostrando que os deputados não iam votá-la. (Então) eles pensaram: vamos criar outro espetáculo, e criaram a intervenção no Rio para passar para a sociedade a ideia que iam acabar os problemas”, disse.

 

Via: Estadão

  • Compartilhe:

Publicidade