JUIZ PRORROGA POR 5 DIAS PRISÃO DE SUSPEITOS DE HACKEAR MORO

26 de jul de 2019

Walter Dalgatti Neto, conhecido como “Vermelho”, é pontado como o líder dos hackers

O juiz federal Valliseny de Oliveira, da 10ª Vara de Brasília, decidiu prorrogar por mais cinco dias a prisão temporária dos quatro alvos da Operação Spoofing, sob suspeita de invadir celulares do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e outras autoridades dos três Poderes. De acordo com o magistrado, Walter Delgatti Neto, o ‘Vermelho’, Danilo Cristiano Marques, Gustavo Henrique Elias Santos e Suelen Priscila de Oliveiras devem continuar presos para que sejam aprofundadas as investigações da Operação Spoofing, que mira ataques hacker a mil pessoas, entre elas, autoridades dos três Poderes. Vallisney também ressalta ser necessário continuar a apuração sobre crimes financeiros, como fraudes bancárias.

 

Via: Estadão Conteúdo

  • Compartilhe:

Publicidade